Skip to Content

Natal - Zona Norte
Direito

CURSOS

voltar
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.
  • Ter um diploma de graduação sempre foi e continuará sendo o sonho de todo jovem brasileiro. Ocorre que o Ensino Superior hoje já é uma realidade para um número muito maior de pessoas do que anteriormente. Dados do INEP (Instituto Nacional dos Estudos e Pesquisas Educacionais) apontam que entre 1994 e 2014 o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 1,8 milhão para 7,2 milhões, ou seja, um aumento de 400%, enquanto nesse mesmo período a população nacional cresceu em torno de 15%. Mas o que isso significa? Com o aumento da taxa de graduação das pessoas do país em um percentual superior ao do crescimento populacional, podemos afirmar que, hoje, um curso de graduação não é mais um grande diferencial competitivo como antigamente foi. E qual o diferencial competitivo atual? A pós-graduação! A pós-graduação, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de estudos, regulamentada pelo Ministério da Educação, que ocorre após a finalização da graduação e os seus tipos e detalhes são abordadas em um próximo artigo, mas de antemão, podemos afirmar que a pós-graduação é responsável pelo maior incremento salarial de curto prazo no mercado de trabalho. Com o aumento da competitividade entre as organizações e o incremento no número de graduados, a mão de obra mais especializada é quem responde pelo processo de inovação e de geração de valor para os clientes, mão de obra essa que necessitou de mais estudo para aprimorar suas competências e habilidades. Os profissionais diferenciados são aqueles que praticam a educação continuada, ou seja, estão sempre no processo de aprendizado e de construção do conhecimento e, através de um curso de pós-graduação, esse objetivo é alcançado. As organizações tendem a valorizar mais o profissional especializado e o seu salário pode aumentar entre 10% e 100%, a depender da área e do seu destaque na organização após o curso. Além de uma gama de ferramentas, atualizações e conhecimento adquirido, os cursos de pós-graduação também proporcionam uma ampliação do networking dos alunos, fazendo com que os mesmos aprendam com as experiências dos colegas de sala e até promovam novos negócios entre eles. Também estão habilitados a concorrer por vagas em alguns concursos públicos, e em muitos deles podem contar pontos a mais por possuírem um certificado de especialista. Em alguns órgãos públicos, os planos de cargos, carreiras e salários já definem progressões verticais com incrementos salariais para aqueles que concluem cursos de pós-graduação. E então, diante de tantos benefícios, o que você está esperando para iniciar sua pós-graduação? Por Nei Rossatto Júnior Coordenador Acadêmico-Administrativo da Pós-Graduação UnP Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.