Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

Atualizado em 26 de novembro de 2018

Informações gerais

1. Quero estudar no exterior e agora?

Todos os alunos e ex-alunos da Graduação e Pós-Graduação que desejem estudar no exterior devem entrar em contato com o Global Office – Empregabilidade e Internacionalidade.

2. Quais os programas que a UnP oferece?

  • Intercâmbio acadêmico
  • Cursos de curta duração
  • Intercâmbio Empreendedor
  • Intercâmbio Voluntário
  • Bolsas e Concursos

3. Como faço a solicitação do passaporte brasileiro?

Para solicitar o passaporte, o estudante deve preencher o formulário on-line no site da Polícia Federal: http://www.pf.gov.br/servicos-pf/passaporte e siga as orientações.

 

Documentação exigida:

  • Original da Carteira de Identidade ou Certidão de Nascimento;
  • Original do título de eleitor (maiores de 18 anos) + comprovante que votou nas duas últimas eleições (ou declaração do site da Justiça Eleitoral que está quite com as obrigações eleitorais);
  • Certificado de Reservista (para homens de 18 a 45 anos);
  • Comprovante de pagamento de taxa em Reais, conforme tabela das receitas existente na própria guia GRU (Guia de Recolhimento da União);
  • Passaporte anterior, quando houver (válido ou não);
  • No caso de menor de 18 anos, é preciso uma autorização por escrito dos responsáveis – a autorização está disponível no site da Polícia Federal. A presença de um deles e do menor é indispensável.

* Sempre consulte a relação dos documentos no Portal da Polícia Federal.

* Sempre que necessário, o Global Office apoia o estudante com o fornecimento de uma carta informando a necessidade de urgência para emissão do passaporte.

4. O Global Office da UnP apoia o estudante na obtenção do Visto Estudantil?

O Global Office não emite vistos, nem faz o levantamento da documentação pessoal do estudante para solicitação. A exigência de visto de entrada para alguns países sempre será de acordo com relações políticas entre Brasil e o país de destino. Durante o processo de intercâmbio, fornecemos todas as informações necessárias à obtenção dos documentos exigidos para a viagem, porém é de responsabilidade do estudante participante providenciar seu visto junto ao Consulado ou Embaixada do país de destino.

5. Como o estudante comprova que possui vínculo com a UnP?

Após a renovação de matrícula, a central de atendimento ao aluno (CAA) fornece uma declaração de vínculo com a UnP durante os programas internacionais.

6. Se o estudante possuir dupla cidadania precisará do visto estudantil?

A dupla cidadania e o Acordo de Reciprocidade entre países podem ser utilizados com o objetivo de ausentar a necessidade de obtenção do visto. É de responsabilidade do estudante verificar o procedimento/autorização de ingresso na condição de estudante junto à Embaixada, Consulado e/ou Representação Consular do país de destino.

7. Quando o estudante deve efetuar a compra das passagens aéreas?

A UnP e as instituições estrangeiras não recomendam a compra de passagens aéreas antes da obtenção do visto, pois esta é uma atribuição consular sem vínculos com as instituições de ensino. Em caso de visto atrasado ou negado, todas as despesas incorridas na compra de passagens são de responsabilidade do estudante.

8. É obrigatória a contratação de Seguro de Vida, Seguro Saúde e Seguro Viagem para participar dos programas internacionais?

Sim, todos os estudantes devem contratar um seguro saúde internacional, com validade no país de destino e por toda a duração do programa. Em caso de extensão do programa, é obrigatória a renovação do seguro pelo período em que o estudante estiver no exterior. Os demais seguros são facultativos.

9. Quais os custos envolvidos em um programa internacional?

O estudante deverá arcar com todos os seus gastos pessoais, tais como passagem, acomodação, alimentação, transporte, visto, seguro saúde, etc. As despesas variam de acordo com o destino, uma vez que a economia e a cotação da moeda estrangeira são fatores determinantes.

10. O Global Office oferece alguma bolsa para estudo no exterior?

Sim, no decorrer do ano os estudantes têm a oportunidade de ganhar uma bolsa e vivenciar uma experiência internacional, que pode ser um programa de curta duração ou até mesmo um Intercâmbio Acadêmico. Para concorrer é necessário estar devidamente matriculado e atender aos critérios da seleção.

Consulte o Global Office sobre a disponibilidade de programas para o período.

Intercâmbio Acadêmico

1. O que é o Intercâmbio Acadêmico?

Este programa possibilita ao estudante estudar no exterior por 1 ou 2 semestres e dispensar o conteúdo cursado e aprovado durante o intercâmbio, não havendo aumento do prazo para conclusão do curso na UnP. Além disso, o aluno continuará pagando as mensalidades na instituição de origem, não havendo perda de descontos*.

*Alunos que possuam FIES, PROUNI ou outro tipo de serviço de financiamento estudantil devem verificar diretamente com a sua agência se há alguma impossibilidade para a realização do Intercâmbio Acadêmico.

2. Quando e quem pode se candidatar para o Intercâmbio Acadêmico?

Podem participar estudantes regularmente matriculados nos cursos de Graduação e Graduação Tecnológica, das modalidades Presencial ou Semipresencial. Para Bacharelado e Licenciatura (ou seja, cursos de 3 a 6 anos de duração), os estudantes podem realizar o intercâmbio a partir do segundo semestre do curso até o penúltimo ano. Para Graduação Tecnológica, os alunos podem realizar o intercâmbio no segundo e/ou terceiro semestre.

3. Estudantes de Medicina podem fazer o Intercâmbio Acadêmico?

Sim. Aconselhamos ao estudante conversar inicialmente com a coordenação de curso para identificar o melhor momento para a realização do intercâmbio.

4. Quais são os pré-requisitos para se candidatar?

  • Apresentar mérito acadêmico;
  • Não apresentar ocorrências comportamentais e nem pendências financeiras junto à Universidade;
  • É recomendável que o estudante tenha noções do idioma do país em que realizará o intercâmbio. Sempre que exigido pela universidade de destino, deverá apresentar avaliação de nivelamento ou proficiência por meio de exame específico.
  • Obedecer aos pré-requisitos e procedimentos dispostos nos editais de seleção.

Todas as inscrições são analisadas pelo Global Office, pela coordenação de curso e pela universidade de destino.

5. Quanto tempo de antecedência é necessário para preparação?

O período de aplicação leva, em média, de 3 a 5 meses.

6. Quando ocorrem as inscrições para o Intercâmbio Acadêmico?

Os períodos de inscrição são de março a abril, e de setembro a outubro. Os editais abertos estão disponíveis na aba “Internacionalidade”, clicando em “Documentos”.

7. Existe restrição de idade para realização do Intercâmbio Acadêmico?

Não. Todos os estudantes regularmente matriculados nos cursos de Graduação e Graduação Tecnológica, das Presencial ou Semipresencial, podem participar.

8. Para quais países posso realizar o Intercâmbio Acadêmico?

O estudante deve verificar, juntamente ao Global Office, quais países e instituições estão disponíveis para o seu curso.

9. Quais são os melhores países ou instituições para minha área de estudo?

Aconselhamos ao estudante conversar inicialmente com a coordenação de curso para identificar os melhores países e instituições para seu curso.

10. O estudante deve pagar alguma taxa para realização do Intercâmbio Acadêmico?

Sim. O estudante deve efetuar, obrigatoriamente, o pagamento da taxa de intercâmbio, conforme edital de publicação de valores vigentes à época da realização do programa no exterior.

11. Em caso de desistência do programa, a taxa de inscrição pode ser devolvida?

O valor referente à taxa de intercâmbio não é passível de cancelamento ou reembolso, mesmo em caso de desistência e/ou impossibilidade de participação no Intercâmbio, tendo em vista os custos administrativos incorridos pela UnP com o processamento da inscrição.

12. Quais os documentos obrigatórios para a participação no Intercâmbio Acadêmico?

O estudante deve fornecer à UnP:

  • Declaração de Matrícula;
  • Cópia do passaporte com validade de, no mínimo, seis meses após a data de retorno do intercâmbio;
  • Comprovante de situação financeira regular perante a Universidade Potiguar;
  • Histórico escolar da UnP com o Índice de Rendimento Acadêmico;
  • Comprovante de proficiência no idioma (se necessário);
  • Comprovante de pagamento da taxa de inscrição no Intercâmbio Acadêmico;
  • Instrumento Particular de Utilização e Cessão de Direitos de Imagem, Nome e Voz, devidamente assinado;
  • Contrato – Programa Internacional de Intercâmbio devidamente assinado;
  • Autorização da coordenação de curso.

13. O estudante que vai participar do Intercâmbio Acadêmico precisará efetuar o pagamento da matrícula da UnP?

Sim. O estudante deve efetuar o pagamento regular da matrícula, conforme edital de publicação de valores vigentes à época da realização do intercâmbio.

14. É preciso trancar a matrícula para participar do Intercâmbio Acadêmico?

Somente quando o estudante for participar do intercâmbio, onde o pagamento do curso é feito na universidade de destino. Neste caso, deverá efetuar o pagamento da matrícula na UnP e, na sequência, trancá-lo. Neste caso, o estudante ficará isento do pagamento da mensalidade na UnP durante o semestre acadêmico do programa de intercâmbio.

15. Como é feita a seleção de disciplinas que o estudante cursará no exterior?

As disciplinas constantes no horário a ser estudado no exterior são determinadas pela coordenação de curso da UnP, mediante análise prévia do conteúdo e carga horária das disciplinas ofertadas pela instituição de destino.

16. Qual o horário das aulas nas instituições estrangeiras?

O sistema de ensino no exterior diverge do sistema de ensino brasileiro, razão pela qual o estudante poderá ser matriculado em disciplinas ministradas nos períodos matutino, vespertino e/ou noturno, havendo a possibilidade de ter aulas ministradas em período integral (com possibilidade de complementação aos sábados), assim como dias inteiramente vagos.

17. O estudante pode participar de atividades extracurriculares durante o Intercâmbio Acadêmico?

A realização de atividades extracurriculares, recreativas ou de extensão acadêmica tem objetivo secundário ao objetivo do Intercâmbio e só poderão ser realizadas caso não sejam conflitantes com o horário de aula.

18. É possível realizar estágio no exterior durante o Intercâmbio Acadêmico?

Nos países em que a legislação permitir o estágio, está prática deverá ser autorizada pelas instituições brasileira e estrangeira, tornando-se secundária ao objetivo do Intercâmbio, que é o aproveitamento acadêmico.

19. É possível renovar a participação no Intercâmbio Acadêmico?

O Intercâmbio Acadêmico é semestral. Contudo, se o estudante estiver matriculado em um curso de bacharelado ou licenciatura, com três anos ou mais de duração, pode solicitar extensão através de uma nova candidatura. Em caso de aprovação, deverá efetuar o pagamento da taxa de intercâmbio e encaminhar o comprovante de pagamento através do formulário de inscrição. O Global Office tem autonomia para deliberar sobre a autorização ou não da extensão do intercâmbio por mais um semestre, independentemente de o estudante possuir visto por um ano. Caso a solicitação de permanência seja intempestiva, o pedido será automaticamente negado.

20. O que acontece se o estudante concluir o semestre na instituição estrangeira e não retornar à UnP?

Ao fim do intercâmbio, a UnP pode enviar uma notificação à Universidade de destino, bem como ao consulado e à Embaixada, informando sobre o término do programa e das condições de irregularidade da permanência, hipóteses em que o estudante poderá ter seu visto cancelado automaticamente.

21. O que acontece com o estudante que obtiver reprovações durante o Intercâmbio Acadêmico?

A disciplina em que o estudante não obtiver aprovação representará dependência automática que deverá ser cursada na UnP, pagando-se os valores respectivos nos prazos devidos.

22. Ao término do Intercâmbio o estudante recebe algum documento que comprove os estudos no exterior?

Ao término do intercâmbio, o estudante receberá o histórico escolar das disciplinas cursadas. Algumas instituições fornecem também um certificado de participação.

23. Como o estudante deve proceder se discordar do histórico da universidade estrangeira?

Qualquer ponto de discordância referente ao histórico deverá ser questionado pelo próprio estudante junto à Instituição de destino, antes de seu regresso ao Brasil, sendo que o não exercício deste direito durante o prazo indicado (durante o semestre acadêmico no exterior e antes de seu retorno à UnP) acarretará a concordância tácita do estudante e impossibilidade de questionamento posterior.

24. Quanto tempo o histórico da universidade estrangeira demora para chegar à UnP?

Como o calendário acadêmico das instituições do exterior é diferente, o histórico pode chegar à UnP em até seis meses após o final do programa.

Intercâmbio de Curta Duração

1. O que são programas de curta duração?

Os programas de curta duração propiciam aos alunos, ex-alunos, colaboradores e docentes a oportunidade de estudarem no exterior por um período mais curto e melhorarem suas habilidades do idioma ou acadêmicas. São destinados para todos os cursos presenciais, semipresenciais e à distância de Graduação, Graduação Tecnológica e Pós-Graduação.

Esses programas podem ser:

  • Programas de imersão em idioma;
  • Programas de férias que combinam aulas com atividades culturais e de lazer;
  • Programas de Extensão Universitária;
  • Workshops e Seminários;
  • Módulos internacionais, que compreendem aulas, palestras, visitação às sedes de grandes empresas.

2. Como posso me candidatar aos programas?

A inscrição é feita no Global Office, onde também deve ser verificada a disponibilidade de programas para o período.

3. Qual a duração desses programas?

Normalmente os programas tem duração de 1 a 4 semanas.

4. O estudante deve pagar alguma taxa para realização dos programas de curta duração?

Sim, o estudante deve efetuar, obrigatoriamente, o pagamento da taxa de intercâmbio, conforme edital de publicação de valores vigentes à época da realização do programa no exterior.

5. Posso fazer um curso de longa duração?

Alumni (ex-alunos) podem realizar cursos de longa duração (até 3 meses no exterior). Consulte o Global Office para conhecer a oferta de programas com longa duração.

6. Como é feito o pagamento dos programas de curta duração?

O pagamento do programa é feito diretamente para a universidade estrangeira, nas condições informadas e prazos devidos.

7. O estudante receberá um certificado de participação ao término do curso?

Sim, todo estudante que apresentar mérito acadêmico (frequência e notas) receberá, ao término do programa, um certificado emitido pela instituição de destino.

8. O estudante pode convalidar o curso de curta duração por uma disciplina da Graduação ou Pós-Graduação?

Não; os programas de curta duração não constituem créditos válidos para compensação de disciplinas da Graduação ou Pós-Graduação.

Contato

Global Office UnP
Horário: 8h às 20h30
Telefones:
Natal (Unidade Roberto Freire) – (84) 3215-8518
ou (84) 3216-8626
Mossoró – (84) 3323-8243
E-mail: intercambio@unp.br