Acessibilidade

Documentos

Disciplinas

Bioética e Biossegurança ( Créditos: 02 )

Ementa:
A disciplina aborda a definição, histórico e princípios da bioética aplicada às áreas de pesquisa e experimentação. O objetivo da presente disciplina é conscientizar o estudante sobre os limites éticos da experimentação de modo a não desrespeitar o bem-estar animal e transgredir os princípios humanitários. Biossegurança: Definição, Níveis, EPIs e EPCs. Lei de Biossegurança e Resoluções Normativas da CTNBio. Apresentação e discussão de processos da CTNBio. Gerenciamento de resíduos de laboratório e no meio ambiente. Biossegurança em Ambiente de Laboratório.

Biologia Celular e Molecular ( Créditos: 04 )

Ementa:
A disciplina tem por objetivo fornecer subsídios teórico-práticos básicos em biologia molecular aplicados à biotecnologia. Assim, serão apresentados os aspectos estruturais, bioquímicos e funcionais das biomoléculas informacionais, além dos aspectos moleculares da organização do material genético nos diferentes tipos celulares. Serão apresentados os mecanismos moleculares de fenômenos celulares como replicação, transcrição e tradução do material genético. Finalmente, os discentes conhecerão os princípios teóricos e práticos de algumas biotécnicas moleculares básicas como: PCR, RFLP, RAPD, PCR em tempo real, RT-PCR, cDNA, microssatélites, sequenciamento de DNA e bioinformática.

Bionegócios e Marcos Legais em Biotecnologia ( Créditos: 03 )

Ementa:
Estudo dos princípios e conceitos fundamentais da bioética, da relação entre a ética, o comportamento humano, a moral e o direito e como estes podem ser aplicados na análise reflexiva do mundo técnico-científico atual, com ênfase no desenvolvimento de pesquisas na área de biotecnologia e bionegócios. Análise e interpretação dos códigos, da legislação e declarações nacionais e internacionais sobre ética, bioética e biossegurança adequando-os às pesquisas biotecnológicas. Biossegurança pessoal e do ambiente. Procedimentos indispensáveis, tipos de material manuseado e níveis de biossegurança em laboratórios, empresas, dentre outros. Propriedade intelectual, desenvolvimento de planos de negócios relativos à biotecnologia e utilização de recursos relacionados à tecnologia de informação envolvendo produtos biotecnológicos.

Metodologia Científica Aplicada ( Créditos: 03 )

Ementa:
A disciplina propõe-se a fornecer subsídios para o discente ser capaz de elaborar um trabalho científico desde o levantamento de dados, elaboração de um projeto, coleta de dados, análises dos mesmos, até a confecção da redação de um trabalho científico propriamente dito.

Laboratórios

Laboratório de Biologia dos Sistemas Orgânicos

Laboratório multidisciplinar, devidamente equipado para o desenvolvimento de pesquisas e aulas práticas.

Área: instalado em uma área total de 172,88 m2.

Equipamentos e materiais: geladeira; 61 microscópios binoculares; microscópio binocular com câmera de vídeo; televisor; aquecedor elétrico; banho Maria com seis bocas; centrífuga com 16 tubos; pipetador automático de 10 mL; balão volumétrico 1000 mL; balões volumétricos 100 mL; balões volumétricos 2000 mL; balões volumétricos 500 mL; bastão de vidro; Becker 100 mL; Becker 250 mL; Becker 600 mL; caixa de lâmina; caixa de lamínula; conta gotas; cubas de vidro com tampa; Erlenmeyer 1000 mL; Erlenmeyer 250 mL; Erlenmeyer 500 mL; frasco de vidro pequeno c/ tampa; pipetas 10 mL; pipetas 5 mL; placas de Petri; tubos de ensaios (médio); vidro de relógio; bandejas; colheres inox; estantes para tubo de ensaio (metal); estantes para tubos de ensaio (plástico); estilete de aço; estilete pequeno de aço; faca grande; fita métrica; lamparina a álcool; lancetas automáticas; lancetas metálicas; luva de procedimento; papel de filtro; pinças de madeira; pisseta grande; pisseta pequena; placas de contenção; recipientes plásticos pequenos; seringas descartáveis 10 mL; seringas descartáveis 5 mL; balão volumétrico 100 mL; balão volumétrico 1000 mL; balão volumétrico 250 mL; balão volumétrico 500 mL; bandejas grandes; barrilhete 10 litros; bastão de vidro; Becker 300 mL; caixas para lâminas (100 lâminas); Erlenmeyer 25 mL; estante plástica para tubo de ensaio; frasco conta gotas; frascos âmbar diversos 1000 mL; frascos âmbar diversos pequeno; funil de vidro médio; funil de vidro pequeno; garrotes; gaze grande; kit para coloração (berço); lâminas p/microscópio (esmerilhada); lamínula; luvas descartáveis; óculos de proteção transparente; papel alumínio; pêra; pinça dente de rato; pipeta graduada 1 mL; pipeta graduada 10 mL; pipeta graduada 2 mL; pipeta graduada 5 mL; pipeta volumétrica 10 mL; pisseta; suporte para pipetas; tela de amianto; termômetro para estufa; tripé de ferro; tubos de centrífuga cônicos 15 mL; vidros cortados (âmbar); substâncias diversas.

Laboratório de Microbiologia e Imunologia

Área: são 150 m2, divididos em: área experimental, gabinete de professores, câmara asséptica para realização de cultivos de bactérias, uma sala de lavagem e esterilização de material.

Equipamento de proteção individual e coletivo: EPI – Jaleco de manga longa, óculos de proteção, toucas, luvas e máscaras descartáveis para procedimento. EPC – Chuveiro químico com lava-olhos, exaustor de ar.

Equipamentos e materiais: 67 microscópios binoculares; medidor de pH; estufa bacteriológica Q-315 (Quimis); estufa bacteriológica BOD-Q-315-D; estufa de esterilização Q.314-D; 02 banho Maria Q.304-249; agitador de tubo de ensaio; autoclave Q.190.21; autoclave Q.190.23; 02 contadores de colônias CP 600 e BIOMETIC; 01 refrigerador de uma porta; 04 refrigeradores duplex; lavador de pipeta automático; bicos de Bunsen; cabos de Kooler; 01 micro-ondas Panasonic; vidrarias e substâncias.

Laboratório de Parasitologia e Hematologia

Laboratório multidisciplinar que atende à pesquisa e necessidades práticas, disponibilizando também espaço para aulas práticas dos conteúdos relativos a Zoologia e Botânica, embora a preparação de material dessas disciplinas ocorram em laboratórios específicos, conforme detalhamento posterior.

Área: área total de 144 m2, o laboratório encontra-se dividido em três gabinetes para professores, uma sala para preparação e análise de material parasitológico.

Equipamentos e materiais: Vidraria, substâncias e materiais diversos, além de laminário constituído por diferentes tipos de lâminas parasitológicas (Enterobius vermicularis; Strongyloides stercoralis; Ascaris lumbricoides; Hyminolepis nana; Eurytrema sp.; Schistossoma mansoni; Cystecercus bovis; Trypanossoma cruzi; Leishmania sp.; Plasmodium falciparum; Trichomonas vaginalis; Isospora belli; Giardia lamblia; Entamoeba histolityca, entre outras) e área para desenvolvimento de aulas práticas, onde se encontram instados: estufa bacteriológica c/porta de vidro; estufa bacteriológica c/porta de aço; aparelho de banho-maria BENFER; destilador marca BIOMATIC; 63 microscópios binoculares; 20 lupas estereoscópicas; microscópio com câmara de vídeo SONY; centrífuga EXCELSA; geladeira CONSUL; aquecedor; contador de células; espectrofotômetro UV/Visível.

Laboratório de Química, Bioquímica e Bromatologia

Área: de 207,55 m2 para o Laboratório 01 e 103,25 m2 para o Laboratório 02; estas instalações contam ainda com três gabinetes para professores, uma sala de balanças e uma área para preparação de aulas práticas.

Equipamentos e materiais: Para as disciplinas de Química e Bioquímica, conta-se com os seguintes equipamentos: agitadores magnéticos; agitadores aquecedores elétricos; aparelho de ponto de fusão; aquecedores elétricos; balanças com precisão para 0,05g; bancadas; banho Maria 37-56 ºC; banho Maria 37-56 ºC com três bocas; bombas de vácuo; capela de exaustão; capela de fluxo laminar com exaustão; contador de células; estufa de ar circulante; destilador; estufa mod. 219 de 0-300 ºC; espectrofotômetros UV/VIS; forno mufla mod. Q318.24; fotômetro de chama; fotocolorímetro digital; geladeira duplex 430L; mantas aquecedoras; pHmetros; polarímetro; placas aquecedoras; rotavapor; vidrarias e substâncias variadas adequadas às aulas práticas e pesquisas neles desenvolvidas. Dispõe-se de: geladeira 300 L; balança analítica (4 casas decimais); bancadas de mármore com 7m de comprimento por 60 cm de largura; butirômetro de Gerber; luvas térmicas; bloco digestor de proteínas; centrífuga de Gerber; lavador de pipetas; Phmetro manual; refratômetro manual; sacarímetro; cubas inox; armários de madeira com portas de vidro; bancada de madeira revestida com fórmica 1,20 por 3,90 m, acidímetro Dornic; acidímetro Dornic Gerber para leite; condensador de Liebg liso; destilador Keijedal; balão de Kjeldahl; disco de Ackermann; extrato seco; lactodensímetro com termômetro; pipeta sorológica 1 mL; pipeta sorológica 10 mL; pipeta sorológica 5 mL; cadinhos; cápsulas de porcelana; armário de madeira com duas portas; acido bórico (litro); acido amílico (litro); sulfeto de sódio (500g); tetracloreto de carbono (500g); digestor de Fibras e vermelho de metila (500g).

Laboratório de Biologia Molecular e Genética

Unidade de coleta e preparação de material para pesquisa e estudo prático.

Área: a estrutura laboratorial é subdividida em salas, com a seguinte disposição: Sala de PCR (6,03 m2), de DNA (8,02m2), lavagem e esterilização (5,97m2), cultura de células (6,07m2), gabinete de professores (5,77m2) e área de circulação (7,42m2).

Equipamentos e materiais: Birôs com gavetas; armário fichário (pasta suspensa): mesa para computador adaptável ao birô; capela de fluxo laminar (pequena); computador com impressora; microscópio trinocular com câmera digital acoplada; 06 microscópios binoculares; destilador de 10 litros; termociclador Tecne – modelo Flexigene; transluminador – dx28199d; cuba e fonte para eletroforese em gel; cubas p/ coloração de lâminas; bacias plásticas quadradas (grandes); bacias plásticas quadradas (pequenas); pipetadores automáticos de 1,0 μl, 2,0 μl e 100 μl. (2 de cada tipo); estufa de secagem de materiais; balança de precisão; centrífuga; micro-ondas; banho Maria; fonte (PWUSYS); agitador Vortex; contador de células hematológicas, pHmetro portátil; lavador de pipetas; suporte para tubos de ensaio; frascos para cultura; 03 pissetas; provetas; Beckers; Erlenmayers 500 mL; funil de vidro; 02 frasco de âmbar; pipetas Pasteur; pipetas graduadas de 1 mL, 5 mL, 10 mL e 20 mL; pêras para sucção

Laboratório de Botânica

Funcionando como unidade integrada ao laboratório de Botânica, o Herbário “Sebastião Urias de Paula” atua como centro de recursos informativos multidisciplinares integrados, sendo fonte de informações científicas botânicas para a comunidade universitária, subsidiando os estudos científicos da vegetação e da flora por meio de inventários, explorações e coleções botânicas da flora local e a participação na preparação da flora nacional em seu campo de ação regional mais abrangente, através de vínculos profissionais com outros herbários ou órgãos e instituições, como também se tornando um centro recursos para a pesquisa e desenvolvimento na classificação das plantas tropicais.

Para atender a essa finalidade, o herbário encontra-se instalado na grande área do Laboratório de Parasitologia e equipado com estufa de tamanho médio, microcomputador e scanner, lupa com câmara clara, armários de aço fechado, substâncias e materiais necessários à preparação das coleções botânicas (álcool comercial, álcool etílico, ácido acético glacial, cartolina branca, papel ofício, caderneta de campo, papel vegetal, papel madeira, tesoura de poda, prensas de madeira, naftalina, entre outros).

Herbário

Unidade de coleta e preparação de material para pesquisa e estudo prático.

Área: Laboratório instalado na grande área do laboratório de Parasitologia e Hematologia, descrito anteriormente.

Birôs; cadeiras; microscópio ótico binocular; armários; vidrarias; material cirúrgico; bico de Bunsen; substâncias e corantes para fixação e conservação de material botânico; lâminas; lamínulas e papel de filtro.

Laboratório de Zoologia

Laboratório também instalado na grande área do laboratório de Parasitologia.

Área: Laboratório instalado na grande área do laboratório de Parasitologia e Hematologia, descrito anteriormente.

Equipamentos e materiais: Acetato de etila; Água oxigenada; Água sanitária; Álcool 70%; Álcool Etílico Absoluto; Alcoolômetro; Alicate de eletricista; Aquário de vidro; Armadilha luminosa; Armadilha para mamíferos em arame galvanizado dobrável grande; Armadilha para mamíferos em chapa de aço galvanizado pequena; Armadilhas para mamíferos em arame galvanizado dobrável pequena; Balde plástico; Bandeja plástica; Barrilete 20l; Bateria automotiva de 12v; Becker de 50ml; Binóculo Sakura RD (10x-90×50 zoom); Cabo de bisturi Nº 04; Cadeira de escritório; Caixa de alfinete entomológico Nº 0; Caixa de alfinete entomológico Nº 00; Caixa de alfinete entomológico Nº 000; Caixa de alfinete entomológico Nº 01; Caixa de alfinete entomológico Nº 02; Caixa de alfinete entomológico Nº 03; Caixa de ferramentas em ferro; Caixa de isopor; Caixa de luva de procedimento M; Caixa de luva de procedimento P; Caixa para serpentes; Cambão de alumínio; Caneta esferográfica; Carregador de pilhas; Cavador; Cesto de lixo pequeno; Chave de fenda; Chave Philips; Ciscador; Cuba de vidro; Detergente neutro; Engradados de plástico; Estante de ferro com portas; Estante de ferro grande; Estante de ferro pequena; Estereomicroscópio Trinocular ; Esticador de borboletas; Estiletes; Éter Sulfúrico Alcoolizado; Extensão com lâmpada ; Formaldeído 10%; Formaldeído P.A.; Freezer; Galão de 12l; Galão de 5l; Gancho para serpentes retrátil; Gaveteiro grande; Gaveteiro médio; Gaveteiro pequeno (RF: PT 1170 = 26x18x22); Glicerina bidestilada pura; GPS Etrex Legend Garmin; Haste para fixação de redes de neblina; Kit de laço para jacaré; Kit de sexadores; Lâminas; Lâmina de bisturi Nº 15; Lâmina de bisturi Nº 23; Lanterna de cabeça (5 Led’s marca AZTEC); Lápis grafite; Luva de raspa de couro; Maleta de plástico; Martelo; Máscara Advantage 200LS; Mesa de escritório; Óculos de proteção; Organizador TopStock grande; Organizador TopStock pequeno; Paquímetro de metal; Peneira de plástico; Peneira metaliza 250µm; Pesola 1000g ; Pesola 100g; Pesola 10g; Pesola 5kg; Pilhas recarregáveis AA; Pinça anatômica 12cm; Pinça anatômica 14cm; Pinça anatômica 20cm; Pinça anatômica 30cm; Pinça anatômica curva 30cm; Pinça dente de rato; Pinça hemostática; Pinça para répteis 120cm; Pinça para répteis de 60cm; Pinça para répteis dobrável; Pincel; Pipeta; Placa de Petri; Prancheta; Proveta de vidro de 1000ml; Puçá de rede; Puçá entomológico; Rede de neblina (mist-net); Régua de metal 60cm; Resistência elétrica; Termômetro digital cloacal (Animal Temp); Tesouras; Trena de 50m; Varas de alumínio; Vidro de relógio; Xileno.

Biotério

Unidade de reprodução e criação de animais experimentais, em regime de cativeiro, para fins de estudos de comportamento, pesquisas e aulas práticas das diversas disciplinas ofertadas para todos os cursos da Escola da Saúde.

Área: instalado em uma área total de 271,36 m2.

Divisões Internas: Sala de aula: 30,74 m2, Recepção: 13,00 m2, Sala cirúrgica: 29,38 m2, Isolamento/quarentena: 16,00 m2, Análise e procedimento: 15,75 m2, Sala/Ratos, camundongos e Hamster: 48,80 m2, Área de lavagem: 68,73m2, Sala coelho: 21,07 m2, sala de esterilização: 15,12 m2, Tanques: 12,77m2.

Equipamentos e materiais: 01 autoclave horizontal; 01 estufa 1.3; 02 balanças digital (de até 0,2 e 30,0 kg); 01 balança digital (de até 0,2 e 300,0 kg); 06 termohigrômetros de leitura direta; 02 estojos de material cirúrgico (pinças, tesouras, bisturis, lâminas de bisturis); 01 timer programável; 04 mesas cirúrgicas; 04 Aparelhos de anestesia inalatória; 01 Aparelho de Raio X; 01 sugador; 01 monitor cardíaco; 04 calhas cirúrgicas; 04 contensores para ratos e camundongos; 02 contensores para coelhos; 01 foco cirúrgico; 01 revelador de Raio X; 01 espectrofotômetro; 01 Aparelho de hematologia ABC VET; 01 centrifuga; 06 pipetadores automático; 01 geladeira frost free; 02 estantes ventiladas para Ratos e camundongos; 01 Rack ventilado para camundongo; 02 Racks ventilados para ratos e hamster; 01 cabine de troca de animais; 01 cabine de descarte de lixo; 02 estante ventilada para coelho; 03 mesas de apoio; 100 caixas de polipropileno, com tampas em aço galvanizado, para ratos e hamster medindo 41 x 34 x 16 cm, cada uma; 64 caixas de polipropileno, com tampas em aço galvanizado, para ratos e camundongos medindo 30 x 20 x 13 cm cada uma; 100 bebedouros completos, com tampa de borracha com capacidade para 500 ml de água, cada um; 64 bebedouros (garrafas c/ tampas e bicos de metal); 01 câmara para sacrifício de animais CO2 (caixa em polipropileno); 03 Máscaras contra gases; 03 Aventais; 01 mesa para recepção/computador; 01 computador; 01longarina com 3 cadeiras; 01 armário fechado com duas portas; 01 armário com 5 portas; 02 gaveteiros; 01 gelágua; 02 Aparelhos de perfuração óssea Driller 350; 01 cadeira com rodas.

Laboratório de Práticas Histológicas

Laboratório onde são confeccionadas as lâminas histológicas utilizadas em aulas práticas das disciplinas de histologia, embriologia, patologia, botânica, entre outras, e desenvolvidos projetos de pesquisa que se utilizam desse material.

Área: instalado em uma área de 24,09m2 para atividade prática e 10,98m2 para sala apoio.

Equipamentos de proteção individual e coletivo: EPI – Jaleco de manga longa, luvas e máscaras de procedimentos e óculos de proteção.

Equipamentos: Bancada de madeira; bancada de granito com pia inoxidável de 02 cubas; armários de madeira; banho Maria BIOMATIC; micrótomo ANCAP; micrótomo ao 820; estufa grande QUIMIS; 2 microscópio TAIMIN; vidraria de variadas graduações (pipetas; provetas; placas de Petri; funil; bastão de vidro; Becker; balão volumétrico; Erlenmeyer; cubas de coloração); cestas de coloração; substâncias corantes e reagentes (álcool, xilol, formol, ácidos, parafina, entre outros); luvas; máscaras; algodão; pinça; alicate; tesoura; gaze; lâminas; lamínulas; bisturis; lâmina para bisturi; pinça dente de rato; navalhas histológicas descartáveis; capela química.

Laboratório de Biotecnologia

Equipamentos: Espectrofotômetro de absorção atômica CGMS (Variant); HPLC (Variant); UV-Visível (Variant); balança de precisão; sala quente; mufla, estufas microbiológicas (cultivo e de secagem); fluxo laminar; dosador de nitrato e nitrito; pHmetro; eletrodo seletivo de cloreto; banho Maria; microscópios binoculares; extrator de óleos essenciais; vidrarias e reagentes compatíveis para as atividades.

Corpo Docente

Corpo Docente

AMÁLIA CINTHIA MENESES DO RÊGO

Possui Doutorado em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2010), Especialização em Análises Clínicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte(2009), Especialização em Hematologia Laboratorial e Hemoterapia (2011) e Especialização em Microbiologia Clinica e Laboratorial pela Universidade Potiguar (2011). Diretora da Escola da Saúde da Universidade Potiguar. Docente permanente do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia/UnP. Coordenadora dos Programas Institucionais PIBIC/CNPq e PIBITI/CNPq da Universidade Potiguar. Desenvolve atividades de pesquisa junto ao Laboratório Multidisciplinar para Pesquisa da Base de Pesquisa em Cirurgia Experimental Prof. Clóvis Sarinho/UFRN e Coordenadora do Grupo de Pesquisa Multidisciplinar em Cirurgia Experimental/UnP. Tem experiência em Cirurgia Experimental, Hematologia, Bioquímica, Imunologia e Microbiologia. Atualmente trabalha com Pesquisa nos seguintes temas: cicatrização de feridas e estatinas, biodistribuição, radioisótopos, Infecção, Fitoterápicos,etc

CURRÍCULO LATTES

AMILCAR CHAGAS FREITAS JÚNIOR

Possui Graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará (2004), Especialização em Prótese Dentária (CRO-SP) e Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado em Odontologia, área de Prótese Dentária) no Departamento de Materiais Odontológicos e Prótese da Universidade Estadual Paulista (FOA/UNESP). Realizou Doutorado Sanduiche no Department of Biomaterials and Biomimetics, New York University (NYU) – College of Dentistry, onde também atuou como Research Scientist (2011). Atualmente é Professor (Graduação e Mestrado Profissionalizante) da Universidade Potiguar (UnP/RN). Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Prótese Dentária e Biotecnologia, atuando principalmente nas seguintes áreas: estética, cerâmicas, prótese sobre implante, biomecânica, análise de elementos finitos, testes laboratoriais de fadiga.

CURRÍCULO LATTES

DEBORAH DE MELO MAGALHAES PADILHA

Atualmente é professora da pós-graduação em Biotecnologia da Universidade Potiguar (UnP) em Natal/RN. Fez pos-doutorado pelo CNPq na área de Reprodução Animal. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Fisiopatologia da Reprodução Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: reprodução animal, ruminantes, Manipulação de oócitos inclusos em folículos ovarianos pré-antrais (MOIFOPA) e biologia molecular. Fez doutorado sanduíche na Southern Illinois University (SIU).

CURRÍCULO LATTES

EDUARDO PEREIRA DE AZEVEDO

Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2000), mestrado em Ciências Farmacêuticas pela mesma universidade (2003) e doutorado em Farmácia (Pharmaceutics – Drug Delivery and Tissue Engineering) pela The University of Iowa nos Estados Unidos (2011). Foi bolsista PNPD do programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Inovação Tecnológica na UFRN (Nov. 2011 – Ago. 2012). Atualmente é professor substituto de Farmacotécnica na UFRN e professor de Produção Industrial de Medicamentos e Manipulação Magistral na Universidade Potiguar (UnP), além de fazer parte do Programa de Mestrado em Biotecnologia na mesma universidade. Realiza pesquisas nas áreas de biopolímeros, sistemas de liberação controlada de fármacos, desenvolvimento farmacotécnico de produtos magistrais, curativos a base de polímeros naturais e desenvolvimento de sistemas dispersos (microparticulados).

CURRÍCULO LATTES

DINALVA BRITO DE QUEIROZ

É Doutora em Biotecnologia pela RENORBIO, possui Mestrado em Tecnologia e Gestão Ambiental (IFCE), . Possui Graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Ceará – UFC, Pós-graduação em Cosmetologia pela Faculdade Oswaldo Cruz (SP), é Especialista em Farmácia Magistral Alopática, , Ex-Bolsista de Desenvolvimento Tecnológico DTI-3 CNPq , pesquisadora co-executora do projeto de Bioinova Edital 20/2007 CNPq, pesquisadora co-executora do projeto de RHAE 32/2007 CNPq ( Pesquisador na Empresa), Pesquisadora co-executora do projeto Jovens Pesquisadores (Nanotecnologia) Edital MCT/CNPq nº 62/2008, Pesquisadora co-executora do projeto CNPq nº07/2010 RENORBIO, Desenvolve pesquisa na área de Nanotecnologia de biofármacos e controle de qualidade de águas.É professora Permanente do Porgrama de Biotecnologia da Universidade Potiguar, Foi Professora Colaboradora da Pós-graduação Lato Sensu em Fisiologia Humana da Universidade Anhembi Morumbi – SP. Sócia Diretora Técnica da Empresa Evidence Soluções Farmacêuticas Ltda.

CURRÍCULO LATTES

HERYKA MYRNA MAIA RAMALHO

Atualmente é Docente do Mestrado em Biotecnologia da Universidade Potiguar. Possui graduação em Ciências Biológicas Bacharelado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2006), graduação em Ciências Biológicas Licenciatura pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2004), mestrado em Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2007) e doutorado em Ciências Farmacêuticas-Nutrição e química dos alimentos pela Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Bioquímica da Nutrição, atuando principalmente nos seguintes temas: Nutrição, vitaminas, colesterol e ácidos graxos.

CURRÍCULO LATTES

FAUSTO PIERDONÁ GUZEN

Possui Graduação em Farmácia pela Universidade Paranaense – UNIPAR (2002), Especialização em Bases Morfológicas e Fisiológicas pela Universidade Estadual de Maringá – UEM (2003). Especialização em Docência do Ensino Superior pela Faculdade de Enfermagem e de Medicina Nova Esperança – FACENE/FAMENE (2009). Possui Mestrado em Ciências Morfofuncionais no Departamento de Anatomia Humana do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo – USP (2005) e Doutorado em Psicobiologia no Departamento de Fisiologia do Instituto de Biociências da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN (2011), sendo membro do laboratório de Neuroanatomia. Atualmente é professor Adjunto IV do Curso de Medicina e Coordenador do Laboratório de Neurologia Experimental da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN. Orientador no Programa de Pós-Graduação (Mestrado) em Saúde e Sociedade – PPGSS da UERN, orientador no Programa de Pós-Graduação (Mestrado) em Biotecnologia da Universidade Potiguar (UnP). Co-orientador no Programa de Mestrado e Doutorado em Psicobiologia da UFRN. Ocupa o cargo de Diretor da Faculdade de Ciências da Saúde da UERN. Tem experiência na área de Biologia Geral, com ênfase nos seguintes temas: Regeneração do Sistema Nervoso; Fatores Neurotróficos; Citocinas Inflamatórias; Células de Schwann; Células Tronco; Explantes de Nervos Periféricos; Comportamento Sensitivo-Motor; Plasticidade e Trofismo Neuronal.

CURRÍCULO LATTES

FRANCISCO IROCHIMA PINHEIRO

Possui doutorado em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)(2011), especializações em Cirurgia Refrativa (2005-2006), Lentes de Contato (2004-2006) e Farmacologia Ocular (2004-2006) pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-EPM), título de especialista pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO)(2003), residência médica em oftalmologia pela UFRN-MEC (2001-2003) e graduação em medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1993-1999). É representante estadual da Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córnea e Refratometria (SOBLEC), é membro do Núcleo de Aplicações em Tecnologias Avançadas (NATA-IMD) da UFRN e pesquisador do cnpq atuando em grupos de pesquisa nas áreas da Bioengenharia Ocular e Medicamentos Oftalmológicos. Possui empresa incubada como startup no INOVA metrópole do Instituto Metrópole Digital (IMD) da UFRN. Atua como parecerista ad hoc do Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde. É pesquisador do Brazilian Ocular Pharmacology and Pharmaceutical Technology Group (BOPP) e professor do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia da Universidade Potiguar/ Laureate International Universities (UnP) e do Mestrado Profissional em Inovação, Ciência e Tecnologia (MPInova) da UFRN. É membro do conselho diretor da Associação Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Ocular (ABRAFO) e fundador e coordenador da startup Ciência Ilustrada studio. É revisor dos Arquivos Brasileiros de Oftalmologia (ABO), fundador e coordenador da Liga Acadêmica de Oftalmologia da UnP (OFTALMOLIGA), detentor de depósito de patente na área de inovação tecnológica em oftalmologia, premiado no 51º Prêmio Jabuti de Literatura pela Câmara Brasileira do Livro (CBL) na categoria de melhor livro em Ciências da Saúde, perito pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET) e tem participação em várias obras da literatura científica nacional e internacional (Academia Norte-americana de Oftalmologia) como autor, coautor e ilustrador. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Oftalmologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Inovação Tecnológica e Educação Médica.

CURRÍCULO LATTES

IRAMI ARAUJO FILHO

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2000)  Mestrado em Ciências da Saúde (2005) e Doutorado em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte(2007). Atualmente é Professor Adjunto da Disciplina de Técnica Operatória do Departamento de Cirurgia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, Mestre do Capítulo do Colégio Brasileiro de Cirurgiões no Rio Grande do Norte, Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva, Membro da Sociedade Panamericana de Trauma, Membro Titular da Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, Vice-coordenador da Base de Pesquisa em Cirurgia Experimental Prof. Clóvis Sarinho, Diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Preceptor da Residência Médica em Cirurgia Geral do HUOL e Vice-presidente da Regional do RN da Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, Professor do Mestrado Profissional em Biotecnologia/UnP. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Cirurgia Geral, Gastroenterologia e Oncologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Cirurgia Experimental, infecção, fatores intercorrentes na cicatrização de feridas, biodistribuição, fitoterápicos.

CURRÍCULO LATTES

JOSÉ RENATO CAVALCANTI DE QUEIROZ

Professor do Programa de Pós-Graduação de Biotecnologia (nível mestrado) da Universidade Potiguar (UnP) e de graduação de Odontologia da UnP e da Universidade Estadual da Paraiba (UEPB). Cirurgião-Dentista com experiência clínica em prótese dentária e implantodontia. Possui como principais linhas de pesquisas relacionadas a estas áreas: a) interfaces; b) aplicação Biomédica do gás ionizado (plasma); c) manufaturas aditivas (prototipagem); d) Biopolímeros.

CURRÍCULO LATTES

MARIA APARECIDA MEDEIROS MACIEL

Possui Graduação em Química Industrial pela Universidade Católica de Pernambuco (1986), Mestrado em Química Orgânica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1991) e Doutorado em Quimica Orgânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997). Pós-doutorado em Química Orgânica pelo Programa PRODOC da CAPES (2002 até 2006) e Pós-doutorado em Química de Interface pelo Programa PDS do CNPq (2007 até 2008), ambos realizados na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Vinculado aos programas de pós-doutoramento da CAPES e CNPq exerceu cargo de professor/pesquisador no Departamento de Química da UFRN (2002 até 2008). Exerceu cargo de Professor/Pesquisador Visitante (Março/2010 até Março/2012) pelo Programa REUNI/UFRN. Atualmente exerce cargo de Professor/Pesquisador Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Universidade Potiguar (UnP/Laureate International Universities). Exerce cargo de docente permanente do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia do Renorbio (PPGB-Renorbio). Exerce função de Professor/Pesquisador do Quadro Permanente do Programa de Pós-graduação do Curso de Química do Instituto de Química da UFRN (PPGQ-UFRN). Exerce cargo de Professor do Curso de Licenciatura em Química do Ensino à Distância da SEDIS/UFRN. Mantém colaboração científica com as seguintes Universidades: Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Universidade Estadual de Londrina, Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal de Manaus e Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química Orgânica e Química dos Produtos Naturais; desenvolve atividades científicas vinculadas as áreas de Química de Interfaces, Farmacologia e Biotecnologia. Bibliografia publicadas por Whos´Who in the World 2012 (Edição 29th Edition/USA); Premiação: TOP 100 Scientists 2014 (International Biographycal Center/Cambridge/England).

CURRÍCULO LATTES

MARCO ANTÕNIO BOTELHO SOARES

É Consultor AD HOC do CNPq, do MEC, Rede BIONORTE e da FUNCAP e FAPEPI. Bolsista de Produtividade Desen. Tec. e Extensão Inovadora do CNPq – Nível 2. Possui Doutorado em Ciências Médicas pela Universidade Federal do Ceará (2007); Possui Mestrado em Saúde Pública (EPIDEMIOLOGIA / UFC),também é mestre em Odontologia (Ortodontia), Profesor Visitante da Universidade Paris VII. Professor/Pesquisador Visitante da Universitá Degli Studi de Sassari; É Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação da RENORBIO (Rede Nordeste de Biotecnologia), É Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Universidade Potiguar. Possui experiência na área de Estudos com Modelos Experimentais, Ensaios Clínicos Duplo-Cego, Fitoterápicos, Biofármacos com Nanotecnologia, Análise Estatística, Estudos Epidemiológicos.

CURRÍCULO LATTES

Atualizado em 16 de outubro de 2017