Acessibilidade
5 de outubro de 2017 16:28

Abertura do XIX Congresso Científico e Mostra de Extensão reúne 2 mil pessoas em Natal

Noite foi marcada pela conferência magna proferida pelo Prof. Dr. Leandro Karnal

A abertura da 19º edição do Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar foi marcada por grandes momentos. O evento teve como palestrante um dos pensadores contemporâneos mais influentes do País, Leandro Karnal, conhecido nacionalmente por abordar temas que vão desde a filosofia, passando por comportamento, religião e até mesmo ética. Mais de 2 mil pessoas se reuniram no Boulevard Recepções para a conferência magna.

O Reitor da Universidade, Prof. Gedson Nunes, deu início à cerimônia discorrendo sobre sua emoção de estar abrindo o primeiro Congresso como reitor e o orgulho que sentia em ser ex-aluno da Instituição. A presidente da UnP, Sâmela Gomes, compartilhou com os presentes que acredita em uma formação ética, mais ampla e sensível sobre o mundo. “Acreditamos no futuro e essa é nossa missão”, afirmou.

O evento reuniu 6.500 inscritos, incluindo alunos, professores e interessados acerca do tema ética; 240 estarão participando de oficinas, mesas-redondas, minicursos; 250 trabalhos em exposição e mais de 400 banners. Além de 200 voluntários e 400 que fizeram parte da organização.

A presença do Prof. Dr. Leandro Karnal foi um dos principais atrativos para os participantes do evento que vieram até mesmo de outras instituições. Outro fator decisivo para a participação no Congresso foi a completude do evento, onde todos podem participar de diversas atividades, não se limitando apenas a sua área de formação acadêmica.

Irineu Júnior, estudante da 2ª série de Publicidade e Propaganda da UFRN, afirma que o Congresso da UnP traz uma temática bastante interessante e que pretende participar de algumas oficinas dos Cursos de Direito, Jornalismo e Administração. “ O que mais me interessa é o estudo da ética e da moral brasileira, o humor e o sarcasmo que Karnal traz em suas palestras”, comenta o estudante.

Para o Prof. Manoel Pereira Neto, da Escola de Comunicação, o Congresso tem grande importância não somente na vida acadêmica do aluno, mas também para a sociedade. “É um momento em que a universidade tem de mostrar para a sociedade sua produção científica, os trabalhos de todas as escolas. A oportunidade de convidá-los e promover esse diálogo, essa interface entre conhecimento, produção científica e sociedade”.

O aluno do Curso de Direito, Cristian Magnos, acredita que é um assunto pertinente a ser discutido. “O Congresso Científico sempre traz novidades e a UnP esse ano não faria diferente, em trazer um assunto tão importante como a ética, que reflete tudo aquilo que está acontecendo no país”, conta.