Acessibilidade
30 de setembro de 2013 15:01

Aluna de Ciências Biológicas participa do Projeto Baleia Franca

A aluna do curso de Ciências Biológicas, Fernanda França, é uma das alunas da Universidade Potiguar a participar do Projeto Baleia Franca. O projeto é um programa de pesquisa e conservação que busca conhecer e proteger a segunda espécie de baleia mais ameaçada de extinção no planeta, no litoral catarine. Confira entrevista com a aluna:

Como foi o processo de seleção?
–O Projeto Baleia Franca/Brasil (PBF) lançou o edital do Programa de Voluntariado para Temporada de Campo 2013 no site institucional no mês de Abril. O PBF estava selecionando estudantes e recém-formados. Para participar da seleção fiz a inscrição online e enviei duas cartas de recomendação. Essas cartas foram enviadas pelos professores Rodrigo Coluchi e Miguel Rocha, ambos professores do Curso de Ciências Biológicas da UnP.  No dia 20 de Maio, o PBF divulgou o resultado da primeira chamada, no total, foram nove voluntários selecionados. Do Nordeste, eu fui a única selecionada. Porém, outras chamadas foram feitas e mais dois voluntários do Nordeste, também estudantes do curso de Biologia da UnP, foram selecionados.

Que tipo de atividades você realizará dentro do projeto?
Dentro das atividades do PBF, os voluntários participam ativamente do monitoramento sistemático a partir de ponto fixo. São pontos estrategicamente localizados que favorecem a observação das baleias franca ao logo da costa catarinense. Para monitorar as baleias usamos binóculos, teodolito digital e fichas padronizadas. Além desse trabalho, auxiliamos no atendimento a encalhes de animais marinhos no interior da APA da Baleia Franca/ICMBio; limpeza e recuperação de esqueletos para acervo osteológico; atendimento de visitantes ao Centro de Conservação Nacional da Baleia Franca (Praia de Itapirubá Norte – Imbituba/SC) e no Museu da Baleia de Imbituba (Praia do Porto – Imbituba/SC).

Por quanto tempo você estará envolvida?
O estágio voluntário ocorre durante o período reprodutivo das baleias franca em SC, tendo duração de cinco meses onde exige dedicação integral. O estágio teve início no dia 01 de julho e se estenderá até 30 de novembro.

Em que região irá trabalhar?
No litoral centro-sul do estado de Santa Catarina. O Centro Nacional de Conservação da Baleia Franca, sede operacional, está localizada na Praia de Itapirubá, município de Imbituba/SC. Mas, o trabalho de campo é feito, principalmente, nos municípios de Laguna e Imbituba.

Você poderia falar um pouco de suas expectativas para o que vai vivenciar e aprender lá?
A experiência que estou adquirindo no PBF trabalhando com animais em ambiente natural, será de muita importância para minha graduação. Estou podendo colocar em prática o conhecimento adquirido em sala de aula.  Aqui faço o trabalho de campo monitorando diariamente as baleias e aprendendo sobre técnicas de estudos e como esses animais se distribuem ao longo da costa, a frequência dos comportamentos aéreos dentre outros. Então, essa oportunidade irá acrescentar conhecimento na minha vida pessoal e, principalmente, profissional.