Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

30 de novembro de 2015 17:52

Alunos de Arquitetura e Urbanismo expõem obras de arte durante atividade de extensão

O papel reciclado deu vida a vários itens de decoração, expostos na Unidade Nascimento de Castro.

Transformar papel em arte. Isso é o que vem sendo feito por alunos do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Potiguar. O projeto Reciclar e Promover a Criação da Arte, que teve suas atividades iniciadas em agosto deste ano, é idealizado por Karla Susanna Correia, professora da Escola de Engenharias e Ciências Exatas, e teve no dia 27 de novembro sua primeira exposição, na Unidade Nascimento de Castro, com obras feitas pelos estudantes durante o semestre.

A princípio, 18 alunos do Curso de Arquitetura e Urbanismo colaboram com a atividade de extensão da Escola. Nesse semestre os estudantes tiveram a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos nas tarefas relacionadas ao cuidado com o meio ambiente, através de treinamentos e palestras sobre a temática, além de conhecerem técnicas de reciclagem, ao participarem de oficinas de pinturas e produção artística.

Segundo a professora responsável pelo projeto, a ideia principal é reciclar o papel não funcional da Instituição para depois transformá-lo em arte, com o intuito de gerar a conscientização sobre os cuidados com o meio ambiente e de desenvolver a criatividade dos alunos. “Com a prática do trabalho manual, dotamos o estudante de habilidades necessárias para o curso de arquitetura como: saber elaborar composições, trabalhar com volumes, cores, escalas e com pequenos detalhes”, destacou Karla Susanna.

A discente conta ainda como foi o processo de criação, desde a separação do papel para ser reciclado, até a transformação em utensílios de decoração. “O material não funcional foi recolhido semanalmente na Instituição e separado por cor e gramatura. Após o recolhimento ele foi picado e colocado em vários recipientes com água, durante aproximadamente três dias, para amolecer. Terminada essa etapa ele foi triturado com a ajuda de um liquidificador industrial e transformado em uma pasta. Em seguida foi colocado numa forma e posto para secar. Finalizada a secagem, o papel reciclado foi transformado em arte, explicou Karla, professora idealizadora do projeto.

Com as obras já produzidas veio a ideia de realizar exposição, e o aluno da sexta série, Joseildo Pinheiro da Silva foi um dos idealizadores da mostra. Itens como, luminárias, enfeites de natal, quadros, convites, caixas e outras peças confeccionadas, ficaram expostas durante todo o dia, com equipe de alunos se revessando no local.

A professora Karla Susanna ressalta ainda a importância do projeto e o aprendizado deixado para os alunos. “Contribuiu diretamente com o desenvolvimento da criatividade e das habilidades manuais dos alunos participantes de forma bastante satisfatória. Resta apenas afirmar que ficou evidente o interesse e o entusiasmo de todos os envolvidos nessa primeira etapa do projeto, e que foi muito gratificante abraçar uma causa que contribui para melhorar o planeta para gerações futuras” concluiu.