Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

13 de Março de 2018 15:19

Alunos de Direito iniciam projeto que leva consciência cidadã para escolas públicas

O projeto Constituição Sem Fronteiras vai realizar visitas todos os meses em escolas da públicas da capital. Diretores e professores podem sugerir visita do grupo

Os alunos de Direito estão “Aqui para o bem”. Cerca de 20 deles deram o ponta pé inicial ao Projeto Constituição Sem Fronteiras. A ideia vinha sendo elaborada desde o final do semestre passado, junto com a coordenador do Grupo, Prof. Thiago Fonseca. A Escola Estadual Nestor Lima foi a primeira a ser visitada, no dia 2 de março. A oportunidade foi de mostrar aos alunos do ensino fundamental e médio do turno vespertino, um pouco mais sobre seus direitos e sobre a Constituição Federal.

O grupo, que se reúne periodicamente para montar as apresentações e aprofundar os estudos, tem como meta visitar pelo menos uma escola municipal ou estadual por mês, mostrando de uma forma dinâmica e descontraída o que aprendem na sala de aula. “Uma verdadeira lição de Cidadania”, resume o Gerente da Escola do Direito, Prof. Fernando Cabral.

O professor Thiago Fonseca comemora o resultado do primeiro encontro da turma com alunos do ensino fundamental. “A experiência universitária se faz desta forma. É muito gratificante poder ser um elo entre alunos que já estão na universidade e os que estão sonhando em um dia poder ingressar numa universidade”, destaca.

A experiência compartilhada entusiasma também os estudantes envolvidos no projeto. “É incrível poder levar aos adolescentes uma noção simples de quais são seus direitos previstos na legislação para que possam exercê-lo de forma plena”, comemora Wendrill Cassol, aluno da 9ª série de Direito na Unidade Roberto Freire.

Caroline Nobre é ex-aluna e hoje é colaboradora do projeto. A advogada ressalta que ações com essas podem gerar bons frutos na educação de jovens. “Estamos plantamos conhecimento, sabedoria e esperança de dias melhores. Espero que essa semente que o projeto plantou, germine e cresça. Não há dúvidas de que a educação é a melhor ferramenta de transformação para construir um mundo melhor”.

Richelly Dantas cursa a 3ª série na Zona Norte e se sente feliz com essa proposta proporcionar um conhecimento tão importante para os demais cidadãos. “Com o nosso projeto ‘Constituição sem Fronteiras’ compartilhamos nossas experiências e mostramos que é possível a realização dos sonhos.”

O próximo evento do grupo será no início de abril na escola Prof. Amadeu Araújo, na Zona Norte de Natal. Aqueles que queiram contribuir de alguma forma com doações de brindes ou lanches, bem como os diretores ou professores de escolas públicas que tenham interesse em receber o Projeto “Constituição Sem Fronteiras”, podem entrar em contato através dos e-mails constituicaosemfronteirasrn@gmail.com ou  thiago.fonseca@unp.br ou pelo telefone 84 99416-1608.