Acessibilidade

Central de Atendimento: (84) 4020-7890

9 de novembro de 2017 18:06

Alunos de Mossoró participaram da II Mostra de Experimentação de produtos

O teste cego com marcas de produtos envolveu os cursos de Administração e Ciências Contábeis.

Participaram da atividade, entre os dias 6 e 8 de novembro, três turmas da 4ª série do curso de Administração presencial e duas turmas de 2ª série de Ciências Contábeis, que estão cursando estatística com a orientação da profa. Tenessee Andrade Nunes. A atividade reuniu mais de 250 alunos das 5 turmas. A gama de produtos a ser testada aumentou consideravelmente em comparação com a primeira edição da mostra, ocorrida no semestre passado. As formas de apresentação também ganharam nova roupagem, pois os alunos passaram a produzir alimentos contendo a matéria prima alimentícia objeto do teste cego na composição de suas receitas.

Neste semestre, os visitantes puderam degustar alimentos à base de chocolate, leite em pó, sucos de polpa de frutas, flocos de milho, macarrão instantâneo, molho de tomate, salsichas, entre outros. O blind test, ou em português: teste cego, é uma avaliação utilizada pelas marcas comerciais para fazer análises dos produtos, quando estes são lançados. Trata-se de uma pesquisa qualitativa experimental, que procura verificar o grau de aceitação de um produto sem nenhuma das possíveis vantagens que posteriormente se lhe possam atribuir pelas estratégias de marketing.

Com esse teste é possível analisar as características puras e tangíveis do produto (sabor, textura, aroma, etc.) sem as possíveis influências da marca e do marketing. O objetivo do teste cego é comparar um determinado produto (geralmente alimentício) com os representantes das marcas concorrentes, mantendo a identidade dos produtos na incógnita, para conseguir-se uma avaliação mais precisa, quanto à sua qualidade e características em comuns.

O objetivo desta metodologia ativa, segundo a professora Tenessee, “É fazer com que os alunos percebam a utilização prática das competências abordadas na disciplina de Estatística”. É muito comum, no início do semestre, que os alunos façam perguntas a respeito da utilização dos conteúdos em suas vidas profissionais futuras, o que é uma constante preocupação da professora.

A atividade possibilita mostrar conceitos de Marketing, comportamento de consumo e compra, tomada de decisões, planejamento e orientação de mercado, entre outras áreas importantes da Gestão e Negócios.

As professoras Wendy Medeiros e Aurineide Andrade, coordenadoras dos cursos de Administração e Ciências contábeis respectivamente, participaram como avaliadoras das equipes, e puderam ver de perto o resultado das pesquisas. “É comum que sejamos levados pelo marketing de um determinado produto, especialmente quando é uma marca famosa, mas que atividades como essa, onde o produto está totalmente descaracterizado, nos ajudam a ampliar nossos horizontes como consumidores”, destacou a prof. Wendy.

Já a prof. Aurineide visualizou o crescimento da mostra e concordou que atividades como essa podem ajudar na formação do aluno. “Ter sua formação pautada em metodologias práticas, o aprendizado é mais prazeroso”, comentou.  Esse edição foi a primeira vez que o curso de Ciências contábeis participou e a professora comemorou o crescimento da Mostra.

A julgar pela quantidade de amostras servidas nos três dias da feirinha, a professora Tenessee estimou uma visitação de mais de 1000 pessoas. Finalizando o ciclo da construção dessa atividade muito orgulhosa da criatividade, comprometimento e engajamento dos seus alunos.