Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

12 de dezembro de 2017 10:34

Alunos de Mossoró revitalizam casas na comunidade de Pedra Grande

Participantes dos projetos Administradores Solidários e Pesca Sustentável se uniram para pintar as residências de moradores da comunidade

No dia 2 de dezembro foi realizada a última atividade do ano no projeto Pesca Sustentável e Geração de Renda, na comunidade Pedra Grande, no município de Porto do Mangue. Os alunos do curso de Administração, voluntários do projeto Administradores Solidários, realizaram a revitalização e pintura de 10 casas da comunidade. As tintas e materiais utilizados foram comprados com os recursos obtidos pela realização de uma palestra promovida pelos Administradores solidário no mês de novembro.

22 alunos reservaram o dia do sábado, no início de recesso acadêmico para dar cara nova as residências de mais de 10 famílias. Os membros da associação da comunidade escolheram quais casas seriam revitalizadas, usando como os critérios a participação ativa nas atividades da associação e as residências que estavam a mais tempo sem ou que não tinham ainda sido pintadas.

O aluno Evandro Segundo, coordenador do projeto Administradores Solidários, e Josicleidy Libânio começaram as atividades de separação dos kits de tintas e materiais logo pela manhã. Eles foram os doadores dos materiais de pintura e acabamento. “Queria encerrar esse ciclo fazendo algo marcante e que pudesse ser lembrado por muito tempo”, ressalta o aluno que está concluindo a graduação. Evandro, juntamente com a professora Kelly Kercy, foram os idealizadores do projeto social Administradores solidários que atua há mais de 2 anos na UnP e já realizou dezenas de ações sociais nas mais variadas frentes.

Já Levi Cunha, que também é concluinte de Administração e esteve presente em quase todas as ações promovidas na comunidade, destacou que “Foi um dia bastante produtivo e gratificante. Saber que todo material usado foi conquistado pelo esforço dos alunos e parceiros do projeto e no final ver a alegria das pessoas em ter sua casa pintada, isso não tem preço. Um gesto simples que marcou toda equipe”, enfatiza o aluno, que vê em Pedra grande semelhança com a comunidade em que nasceu, Castanhão no Ceará.

Seu Adelino Moura, patriarca de um dos núcleos familiares, escolheu a cor laranja para a frente da sua casa. Segundo ele, a cor é viva, alegre, e traria destaque a sua casinha recém construída, ao qual ainda não havia sido rebocada por falta de recursos. Ele, que foi pescador, desde o tempo da infância, relatou que essa é a primeira vez que a comunidade recebe o olhar carinhoso de alguma instituiçã, como tem sido o caso da Universidade Potiguar, e se emocionou ao lembrar das dificuldades que ele e os seus filhos passam diariamente. Ele ofereceu um almoço caseiro, com galinha caipira do seu próprio quintal à professora Tenessee Nunes, a quem ele carinhosamente se refere como sereia, e esteve sempre atento a tudo que aconteceu durante esse dia.

Para alunos das segundas séries, que participaram pela primeira vez, foi um impacto significativo para o entendimento de tudo que acontece fora da sala de aula da Universidade Potiguar. A profa. Neuma Caroline relatou que não haveria forma mais significativa de terminar o semestre de 2017.2, reforçando o senso de satisfação, por entender o quanto é significativo para um dono de casa, ter sua casa limpa e restaurada para a época de final do ano.

o projeto Pesca Sustentável e Geração de Renda tem como embaixadora a Profa. Tenessee Nunes e foi  vencedor do prêmio Universidade Solidária do Banco Santander em 2015.