Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

22 de novembro de 2017 11:22

Alunos de Pedagogia criam metodologias para o ensino inclusivo

Os alunos criaram material didático para ensinar o deficiente visual a ler, escrever e realizar as 4 operações fundamentais

Criar meios que proporcionem o aprendizado é o papel daqueles que atuam na Educação. Elaborar metodologias para o ensino inclusivo é extremamente necessário e urgente e se tornou um desafio para os professores. Pensando nisso, os alunos da 4ª série do curso de Pedagogia desenvolveram várias metodologias que podem ser usadas para o ensino de pessoas que têm a deficiência visual. As ferramentas foram confeccionadas como parte das atividades da Disciplina de Educação Inclusiva, da professora Tereza Faria.

Desde a criação de jogos pedagógicos e a confecção de livros que possibilitam o uso do Braille, os alunos usaram a criatividade e deram forma a ferramentas que podem ser essenciais para o ensino eficaz da leitura e da matemática.

Segundo dados do IBGE, 3,6% da população brasileira tem a deficiência. Garantir que os alunos de pedagogia possam atuar com ensino inclusivo é um fator de necessidade, que pode assegurar que milhões de pessoas tenham ensino eficaz. “A formação do professor para atuar na Educação Especial tem sido considerada ponto crucial para dar sustentabilidade ao processo de inclusão escolar. Utilizar metodologias ativas de ensino aumenta em até 90% o índice de aprendizagem dos futuros professores”, esclarece a professora da Tereza Faria, responsável pela disciplina.

As ideias criadas pelos alunos foi fruto de análises de outras metodologias utilizadas na área da educação inclusiva para deficientes visuais, utilizando o Braille. “Foi também um trabalho de pesquisa, por meio de livros e revistas da área. Eles confeccionaram e demonstraram como utilizar. É um farto material didático para ensinar o deficiente visual a ler, escrever e realizar as 4 operações fundamentais.”, conclui a professora Tereza.