Acessibilidade
28 de junho de 2017 14:34

Alunos de Pedagogia participam de aula de campo na Comunidade Indígena do Catu

Visita possibilitou aos alunos de Pedagogia um desenvolvimento acerca da conscientização e investigação da cultura indígena.

Estudantes da primeira série do curso de Pedagogia participaram no dia 17 de junho de aula de campo em Comunidade Indígena do Catu, em Canguaretama. O interesse pela visita surgiu por meio dos debates realizados ao longo da disciplina “Temas Selecionados da Educação” em que foi abordado a questão da educação indígena.

A visita, que foi realizada na Escola Municipal João Lino, única escola indígena no estado, possibilitou aos alunos de Pedagogia um desenvolvimento acerca da conscientização e investigação da cultura. Na ocasião puderam observar o cotidiano dos índios potiguares, comunidade, moradia, alimentação, tradições, crenças, economia e os costumes de forma geral.

Na escola João Lino há turmas do 1º ao 5º ano e atende aos curumins, denominação dada as crianças indígenas, como escola indígena bilíngue nos turnos. Em um dos turnos, os estudantes cursam a grande comum da educação básica, mas existe toda uma adaptação no material didático utilizado pelos nativos a realidade da comunidade. No outro turno, é trabalhado pelos professores a memória dos costumes da comunidade a fim de manter viva a tradição.

Os alunos participaram ainda de oficinas de pintura, oficina da língua Tupi e conheceram o cantinho do Toré, local formado pelos Potiguaras, que em Tupi significa comedores de camarão, para o desenvolvimento de suas atividades culturais.