Acessibilidade
6 de dezembro de 2017 15:16

Alunos fazem encerramento de 2017 para Projeto da Microcefalia

Dezoito crianças são atendidas pela iniciativa que envolve atendimentos no Centro Integrado de Saúde e no Núcleo de Prática Jurídica

Famílias, alunos, preceptores e professores que participam do Projeto de Atenção Interprofissional à Criança com Microcefalia encerraram as atividades com muita emoção, no dia 5 de novembro. No segundo semestre de 2017, 18 crianças – com idade de até dois anos – foram acompanhadas por alunos de Cursos de Graduação das Escolas da Saúde e do Direito, recebendo assistência em diversas áreas.

O projeto de extensão é voltado para atender crianças que nasceram com alterações no cérebro causadas pelo surto de Zika que afetou o Nordeste brasileiro há dois anos. Atualmente, os pacientes e famílias recebem os serviços oferecidos por cursos como Biomedicina, Direito, Educação Física, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Nutrição, Psicologia e Serviço Social. A cada semestre, novas práticas são acrescentadas, como as atividades aquáticas que foram inseridas em novembro de 2017 pelos alunos de Educação Física.

Para comemorar os resultados, a equipe do Centro Integrado de Saúde (CIS) e do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), organizaram uma festa de confraternização com as mães na Unidade Salgado Filho. O momento serviu não só para homenagear as famílias, mas também para ouvir os depoimentos sobre a evolução das crianças graças ao atendimento prestado pelos universitários e docentes.

Na oportunidade, as famílias foram presenteadas com cestas básicas e brinquedos doadas por parceiros. Os alunos envolvidos no projeto receberam seus certificados de participação pelas mãos das próprias mães das crianças atendidas por eles.