Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

23 de setembro de 2019 16:35

APAE Mossoró é beneficiada por projeto feito por alunos de Arquitetura e Urbanismo

Projeto de acessibilidade é realizado de forma voluntária, após Ministério Público verificar necessidades de adequações na instituição filantrópica

Por meio de um projeto de extensão, alunos e professores do curso de Arquitetura e Urbanismo, do Campus Mossoró, estão desenvolvendo o projeto de acessibilidade na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – a APAE Mossoró. O projeto – desenvolvido por meio do Centro de Excelência em Pesquisa Aplicada da UnP – e-Labora – começou através de uma parceria entre o Ministério Público do RN com a coordenação do curso de Arquitetura e Urbanismo. O MP viu a necessidade de adequações na acessibilidade do prédio onde a APAE está sediada, e de forma voluntária, o projeto está sendo elaborado por alunos e professores da graduação.

A APAE é uma organização sem fins lucrativos, que oferece assistência educacional, cultural e social a crianças com deficiência intelectual, motora ou múltipla, e também aos pais dessas crianças. O ambiente precisa ser acessível, para que todos os frequentam a instituição tenham mobilidade, já que muitos usuários da APAE tem deficiência motora, e alguns usuários são cadeirantes. Segundo a direção da APAE, o prédio foi construído nos anos 80, possui corredores largos, mas não é o suficiente para garantir toda a acessibilidade. Após uma vistoria do Ministério Público, veio a notificação para melhorias na estrutura, e a parceria com a Universidade Potiguar para a verificação de todas as mudanças necessárias. Com o projeto, a APAE vai pleitear os recursos para as obras sugeridas junto ao poder público e parceiros.

Etapas
A criação do projeto de acessibilidade da APAE começou em 2019.1 e os alunos e professores já fizeram as primeiras visitas ao prédio para medições. Segundo a Profa. Ana Thereza de Medeiros, coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo, essa etapa de medição e levantamento de todas as áreas do prédio foi o ponto de partida para a criação do projeto, que vai seguir as orientações do Ministério Público dentro das normas de acessibilidade, para que nenhuma pessoa que frequenta a APAE tenha dificuldade de locomoção.

Atualmente, a equipe envolvida de alunos e professores segue na elaboração do projeto. O objetivo é que futuramente, outras instituições filantrópicas também sejam beneficiadas com projetos de acessibilidade e reforma, através dos estudantes da graduação, que aprendem na prática e ainda prestam um serviço a sociedade.

Sobre o e-Labora
Lançado pela UnP em 2014, o Centro de Excelência em Pesquisa Aplicada (e-Labora) é uma organização dentro da Universidade que integra academia e sociedade através de Projetos de Pesquisa, Empresas Juniores e Treinamentos na área de Inovação e Tecnologia. Parcerias com o Poder Público e a Iniciativa Privada permitem a criação de soluções unindo sala de aula, prática laboratorial e mercado de trabalho.