Acessibilidade
15 de outubro de 2015 16:18

Aplicativo desenvolvido pelo e-Labora facilitará trabalho de agricultores e produtores rurais do RN

Desenvolvida junto ao Governo do Estado, ferramenta já conquistou terceira colocação no ranking de downloads da categoria Business da Google Play Store.

Agricultores, produtores rurais e criadores potiguares contam agora com uma nova ferramenta de trabalho. Numa parceria entre o e-Labora, Centro de Excelência em Pesquisa Aplicada da UnP, e a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sape), foi lançado no dia 10 de outubro o Ceres, um aplicativo que concentrará todas as informações sobre o agronegócio do Rio Grande do Norte.

O aplicativo permite à população acompanhar o trabalho do técnico de extensão rural e seus desdobramentos, como o uso dos recursos públicos destinados à área. Além disso, oferece acesso a cotação dos preços praticados pelo Ceasa, a previsão do tempo, o índice pluviométrico, entre outros. Em seguida ao lançamento e disponibilização na Google Play Store, o aplicativo Ceres chegou à terceira colocação no ranking de downloads, categoria Business.

Apresentado ao público durante a Festa do Boi, o aplicativo surgiu a partir de um sistema criado em 2014 que auxiliava o trabalho do técnico da Emater, juntamente com pesquisadores do e-Labora, tendo à frente o professor e pesquisador Hildejundes Paulino. Agora, a ferramenta caminha para tornar-se um suporte de gestão fundamental para a Sape e suas instituições vinculadas – Emater, Emparn e Ceasa.

Até o final do ano, conforme Paulino, os atuais 15 serviços acessados pelos que baixam o aplicativo serão ampliados para 40. Um deles será decisivo para diminuir o custo dos chamados atravessadores ou intermediários. “O agricultor poderá oferecer seus produtos, seja de origem animal ou vegetal, diretamente à clientela, informando onde podem ser encontrados e adquiridos”, detalha o professor Hildejundes Paulino.

Uma das grandes bandeiras do projeto Ceres é ampliar a transparência e a modernização da gestão pública. “Nosso objetivo é abrir um canal de comunicação entre a sociedade e os responsáveis pelo agronegócio do RN, além de prover transparência nas ações desenvolvidas pela secretaria e suas vinculadas”, explicou o Secretário da Agricultura, Haroldo Abuana.

Durante todo o projeto 12 alunos pesquisadores do e-Labora, além de dois bolsistas de pesquisa em desenvolvimento, estiveram vinculados ao trabalho. A Secretaria de Agricultura contratou como bolsistas mais quatro alunos da UnP que trabalharam na primeira versão do aplicativo, voltado ao extensionista rural. Eles atuam em um laboratório de Sistemas de Informação montado na Secretaria Estadual de Agricultura.

Em um primeiro momento, a versão do Ceres estará disponível para o sistema operacional Android, e pode ser gratuitamente baixado clicando AQUI. Em breve a ferramenta também será disponibilizada para plataformas iOS e Windows Phone, por meio da Apple Store e Windows Store, respectivamente, ampliando ainda mais o alcance do instrumento.