Acessibilidade

Central de Atendimento: (84) 4020-7890

15 de outubro de 2015 13:56

Artigo – 2016 começa agora

Para a maioria dos estudantes do último ano do Ensino Médio, 2016 começa agora. Apesar dessa afirmação parecer estranha, agora é a hora de dar um importante passo, que é a transição para o Ensino Superior.

Nos dias 24 e 25 deste mês acontece a tão esperada prova do Enem. Um momento de ansiedade e expectativa geradas por um sonho, que é a formação superior. Passada essa etapa, é como se um turbilhão de emoções tomasse conta desses jovens. A espera passa a ser pelo resultado que pode garantir uma vaga no curso que, muitas vezes, poderá assegurar um futuro profissional glorioso.

Alguma semelhança com o réveillon? Pois é. Na virada do ano todos sentimos emoções parecidas a partir de outros anseios e desejos. Para eles, essas sensações já começam a aflorar agora, em pleno mês de outubro.

Os jovens do Ensino Médio são a maioria, mas há também aqueles que já concluíram seus estudos e querem melhorar seu desempenho no exame, ou aqueles que estão no mercado de trabalho e agora buscam uma qualificação a partir das oportunidades geradas pelo resultado do Enem, muitas vezes na expectativa de crescer profissionalmente ou mudar os rumos da carreira.

É nessa época, também, que as Instituições de Ensino Superior iniciam seus processos seletivos, atrelados ou não ao Enem. É a hora da escolha, da grande escolha.

Em uma sociedade em que o mercado anda cada vez mais exigente e as atualizações cada vez mais aceleradas, existe pressa e não há tempo a perder.

São incontáveis as oportunidades de qualificação nos mais variados formatos: Educação a Distância, Semipresencial ou Tradicional; Bacharelado, Licenciatura ou Tecnólogo.

O que não faltam são novas possibilidades de estudo e novas áreas de atuação. São incontáveis as escolhas que podem ser feitas e os caminhos aos quais essas escolhas vão levar. Por isso a ansiedade gerada pela insegurança, mais que aceitável diante desse cenário.

O que posso dizer aos jovens e adultos que passam por esse “réveillon” fora de época é que suas escolhas são sim decisivas, mas que é preciso ter calma e bom senso. Equilíbrio, acima de tudo.

Escolha aquilo que realmente gostaria de fazer e que te faça sentir realizado, pois pensar somente no retorno financeiro pode ser uma verdadeira cilada. Como já citou Confúcio, “escolha um trabalho que você ame e não terá que trabalhar um único dia de sua vida”. Apesar de clichê, esse pensamento é sempre ditado por profissionais muito bem-sucedidos que, de fato, parecem amar o que fazem. Isso faz render bons frutos, principalmente quando se leva em consideração a satisfação pessoal em realizar algo que realmente o motiva.

Portanto, mãos à obra. Um “novo ano” se inicia e é chegado o tempo de realizar sonhos.

Boa sorte e um feliz 2016!