Acessibilidade
21 de agosto de 2014 12:09

Artigo – Bacharelado ou Tecnólogo? Eis a questão… (Parte 2)

Seguindo com nosso debate sobre o significado dos diversos termos utilizados no “mundo universitário”, pedimos ao Professor Raniery Pimenta que falasse agora a respeito do tradicional “bacharelado”:

O total de alunos matriculados na educação superior brasileira ultrapassou a marca de 7 milhões em 2012, e dois de cada três alunos estudam em cursos superiores do tipo Bacharelado. 

O Bacharelado é o clássico curso superior e dura em torno de 3 a 5 anos. Esse tipo de curso oferece ao aluno uma formação profissional e científica, permitindo ao bacharel em Administração, Direito ou qualquer um dos outros cursos dessa modalidade, ter uma formação aplicada ao mercado de trabalho e também abrindo portas para aqueles que desejem enveredar pela ciência de cada uma das áreas do conhecimento.

Os bacharelados são cursos mais longos que os tecnólogos e preparam o profissional para atuar em diversas áreas de uma determinada profissão. Por exemplo, um aluno que gradua-se como Bacharel em Administração pode atuar em diversas áreas dessa profissão como, por exemplo, Marketing, Recursos Humanos e Finanças Empresariais. Sendo assim, a formação dos bacharelados fornece uma série de conhecimentos, competências e habilidades mais abrangentes que a dos cursos tecnólogos.

Muitas vezes o jovem brasileiro ainda não está maduro o suficiente para tomar a decisão sobre que profissão ele deseja seguir. Eles acabam pressionados pelo tempo determinado para entrar na universidade e, por vezes, acabam optando por aquele curso da moda, que “dá dinheiro”, ou o que os pais optaram. Escolhas feitas dessa forma normalmente não levam aos melhores resultados. Se para escolher a profissão já não é assim tão fácil, escolher uma área específica dentro de uma profissão é ainda mais difícil. Assim sendo, para aqueles que não têm certeza sobre que área dentro da profissão deseja seguir, o melhor caminho é optar por um bacharelado. Fazendo essa escolha, o aluno pode conhecer a profissão por completo e, só assim, tomar a melhor decisão sobre que área da profissão se especializar e atuar.

O bacharel normalmente adquire uma visão holística da sua área de estudo devido a sua formação mais abrangente.

Costumo sempre dizer aos meus alunos que é importante saber algo sobre várias coisas, mas também, saber muito sobre algumas áreas específicas. Basta saber qual objetivo se quer alcançar primeiro.

Como diz Max Gehringer, “a diferença entre um bacharelado e um tecnólogo é o tamanho do alvo. Quem faz um curso mais longo poderá mirar em vários setores do alvo. Quem faz o curso tecnológico tem que acertar na mosca”.