Acessibilidade
20 de agosto de 2015 17:57

Artigo – É festa…é Festival de Música

Os festivais de música popular brasileira, promovidos pelas emissoras de televisão e rádio no Brasil nas décadas de 1950 e 1960, tiveram um papel fundamental para a revelação de grandes compositores e intérpretes, que buscavam espaço para apresentar e defender, por meio da música, seus pensamentos e ideologias. Os jovens artistas da época, como Elis Regina, Edu Lobo, Chico Buarque, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Geraldo Vandré, Vinícius de Moraes, Paulinho Tapajós, entre tantos outros, encontravam nos festivais e movimentos estudantis verdadeiros aliados para terem a oportunidade de expressão por meio da arte e, consequentemente, ter a sua obra reconhecida pelo grande público.

Tendo como referência os grandes festivais de música popular daquela época, a UnP realiza a terceira edição do seu Festival de Música. O evento, que todo ano se encarrega de revelar os artistas existentes nas salas de aula ou nos setores de trabalho, tem como principais objetivos: abrir espaço para que os nossos talentos musicais (intérpretes, compositores e instrumentistas) possam apresentar o seu trabalho para a comunidade acadêmica e a sociedade em geral, e manter viva a chama da arte e da cultura dentro do ambiente acadêmico-institucional, promovendo a integração entre jovens estudantes, professores e colaboradores.

Os participantes podem concorrer nas categorias Autoral e Não Autoral. Neste ano, inovamos com o lançamento da categoria High School, em que estudantes do Ensino Médio poderão participar, trazendo ainda mais novidades ao Festival.

A iniciativa da Universidade é extremamente louvável, na medida em que contribui para produzir e difundir uma das mais antigas manifestações culturais do povo: a música.  Para os participantes é uma oportunidade ímpar, uma vez que não lhe é cobrado nenhuma taxa para inscrição e proporciona a chance de ganhar prêmios de até R$ 4 mil, além, é claro, de estar em um espaço “vitrine”, com toda estrutura de show montada exclusivamente para eles, possibilitando maior visibilidade junto ao público presente.

A Instituição é ciente de que são muitos os pilares para a construção de uma universidade, e a arte certamente é um deles.  Com o propósito de homenagear o estudante, o evento sempre acontece no mês de agosto, alusivo ao Dia do Estudante, para que, juntos, universidade, discentes, docentes, colaboradores, familiares e comunidade em geral possam fazer uma grande celebração ao principal protagonista dessa história: o aluno.

Com a felicidade visivelmente estampada no rosto, os artistas do Festival de Música UnP sobem ao palco, agitam a plateia e mostram o seu potencial musical, cantando e tocando com muita técnica, independentemente do seu estilo. A plateia, é claro, transforma o festival em uma verdadeira pista de dança.

O III Festival de Música da UnP acontece nos dias 28 e 29 de agosto, das 16h às 22h, na Unidade Roberto Freire. A entrada é gratuita e todos estão convidados!

Por Francisco de Paula 
Coordenador do Festival de Música da UnP

Artigo publicado na coluna Plural do Novo Jornal.