Acessibilidade

Central de Atendimento: (84) 4020-7890

11 de junho de 2015 21:20

Artigo – Pesquisa Aplicada é caminho rápido e efetivo para problemas diversos da sociedade

Apesar da lei de Inovação Tecnológica vigorar há mais de 10 anos (2004), lei essa que aponta para um incentivo em pesquisa e desenvolvimento, pouca evolução é vista. Quando nos comparamos a outros países, no que se refere a investimentos em P&D, observa-se que ainda temos muito a caminhar. Hoje, estamos a frente apenas de países de menor expressão, como Argentina, Chile e México, onde 95% de seus pesquisadores encontram-se em instituições de ensino ou pesquisa. Já nos Estados Unidos, 95% dos pesquisadores estão dentro das empresas, ocupando o 2º lugar no mundo em número de depósito de patentes.

Em uma universidade, o trabalho de pesquisa deve ser constante e efetivo para o desenvolvimento e avanço do Ensino Superior. Por exemplo, na Universidade Potiguar – UnP, a produção científica é focada na Pesquisa Aplicada. Reconhecer a importância do trabalho de pesquisa para o aprimoramento de ensino de graduação e pós-graduação é fundamental, e aliar isso à resolução de problemas da sociedade, trabalhando continuamente e indissociadamente junto ao ensino e à extensão, grandes fornecedores de material imprescindível para o sucesso dos projetos, torna a tarefa ainda mais efetiva.

Lançado em 2014, o Centro de Excelência em Pesquisa Aplicada – e-Labora, vem investindo esforços para a solução de problemas na área das indústrias. Envolvendo basicamente os cursos de Engenharias e Ciências Exatas da UnP, o Centro já segue colhendo os primeiros resultados e fechando novas parcerias de atuação. As pesquisas contam com a participação de docentes e estudantes, que buscam utilizar os conhecimentos oferecidos em sala de aula e adquirir novos conhecimentos que só o universo científico pode proporcionar. Os primeiros resultados são impressionantes. Em pouco mais de um ano de trabalho, o e-Labora vem desenvolvendo trabalhos de grande impacto para a sociedade, como, por exemplo, o projeto desenvolvido em parceria com uma empresa do estado, onde foi desenvolvido um sistema de automação que ficou entre os 34 semifinalistas do Prêmio Santander de Inovação Tecnológica. Além, é claro, do projeto do Sistema de Auxílio ao Deslocamento para Deficientes Visuais (SADDV), uma bengala que possui sensores com interface com fones de ouvido. Projeto esse que foi destaque internacional, recebendo o reconhecimento através do Prêmio Here for Good da rede Laureate.

Resultados como estes, são apenas alguns dos muitos exemplos que o caminho rápido e efetivo para o desenvolvimento da sociedade e dos gargalos industriais é o fortalecimento das nossas pesquisas aplicadas.