Acessibilidade

Central de Atendimento: (84) 4020-7890

19 de Fevereiro de 2015 11:39

Artigo – Volta às Aulas

Milhares de estudantes universitários estão vivendo, nessas semanas de fevereiro, um misto de emoções. Todas elas associadas ao rito do retorno às aulas.

Apesar de sabermos que não existe uma uniformidade universal e que cada estudante possui seu próprio “arsenal de sentimentos”, acredito que poderíamos dividi-los em, pelo menos, dois grandes blocos: veteranos e calouros. Cada um com seus anseios e expectativas.

Para os veteranos esse período pode trazer sensações associadas aos momentos que viviam no final do semestre passado. Podem tanto ressuscitar dúvidas que tinham, quanto trazer a doce sensação do início de mais um passo na jornada rumo à sua qualificação profissional. Também traz o tema do reencontro com os amigos e da continuidade de sua vida social, normalmente bastante intensa no período universitário. Receios de disciplinas temidas também não são fatos raros, assim como a feliz ansiedade daqueles que iniciam os últimos períodos de seu curso, já vislumbrando a formatura no final desse caminho.

Já o grupo de calouros vive um capítulo à parte nessa aventura do retorno às aulas. A ansiedade é certamente um dos ingredientes mais fortes no caldeirão de emoções dos dias atuais. Depois de anos de preparação e bastante acostumados às suas rotinas estudantil e social, cada um deles vislumbra e anseia agora o “desconhecido”. Não trata-se apenas de uma “nova página” que se inicia em suas vidas, mas sim de um “novo livro” que começarão a escrever. Será parecido com o que esperam? Será melhor? Serão os novos companheiros dessa jornada pessoas que marcarão presença em suas vidas daqui para frente? Haverá volta, caso necessário? Conseguirão arcar com todos recursos até o final do curso, sejam eles financeiros, físicos ou emocionais?
Certamente, para esse grupo de novos alunos, o momento atual traz muito mais perguntas que respostas. O “desconhecido” é o tom do debate, e a deliciosa ansiedade gerada lembra o início de uma viagem, há muito tempo planejada e desejada, para um local distante e diferente de tudo que conheciam até agora.

Toda essa energia concentrada irá transformar-se nas próximas semanas em reencontros, descobertas, alegrias, frustrações, estudos e em tudo mais que a rotina universitária irá demandar de nossos jovens e adultos durante o ano corrente. Essa energia é o que os move e o que os conduzirá ao sucesso pessoal e profissional.

Jovens de olhos vivos, curiosos, ansiosos, demandantes, criativos, que querem superar obstáculos e crescer, irão recomeçar (ou começar, no caso dos calouros) sua jornada universitária nos próximos dias. Que sejam bem-vindos e que transformem o ano de 2015 em algo memorável e exitoso em suas vidas!