Acessibilidade
13 de Março de 2015 16:36

Brasileira que subiu ao cume do Everest realiza aula magna para Escola da Saúde

“Aventura me define, e mais do que do esporte, eu gosto do desafio”, assim Karina Oliani resume sua personalidade. Médica, empresária, apresentadora, palestrante, professora e atleta. Essas são algumas das funções da terceira mulher, brasileira, a alcançar o cume do Everest, montanha considerada a mais alta da terra, com 8.848 metros, localizada nas cordilheiras do Himalaia. Com tantas conquistas e experiências para contar, ela foi a convidada da Universidade Potiguar para abrir o semestre da Escola da Saúde, no dia 10 de março, na Unidade Salgado Filho.

De aparência delicada, Karina já desafiou o perigo inúmeras vezes, e provou a si mesma que a conquista de um sonho pessoal supera qualquer dificuldade e expectativa alheia. Praticante de esportes de aventura desde bem pequena, Oliani iniciou sua vida de atleta com o nado, e aos 12 anos de idade já tinha carteira de mergulho e sua primeira prancha de surf. Com o passar do tempo, o prazer em se desafiar à levou para a prática do rapel, canoagem, snowboard, asa-delta, paraquedismo, montanhismo, esqui alpino, esqui aquático, e muitos outros esportes de aventura.

Foi com essa vivência em atividades onde a vida e a morte estão em jogo, que Karina viu a possibilidade de ter uma profissão próxima ao universo dos esportes e a assistência aos atletas, e em 2000 iniciou a faculdade de medicina. Como tudo em sua vida, o curso também teve relação com aventuras e desafios, e logo ela decidiu qual seria sua especialização. “Desde o começo do curso de medicina tinha interesse em emergência e resgate, então essa escolha foi fácil. Quando eu estava para me formar médica, eu queria trabalhar com medicina aero médica, porque eu não queria aquela medicina tradicional para ficar em uma clínica.”

Com a intenção de ser socorrista no resgate aéreo, Karina Oliani decidiu aprender a pilotar helicóptero, e hoje ela possui licença junto à ANAC. Inquieta, saiu do Brasil após a faculdade de medicina e foi a primeira médica brasileira a se especializar em Wilderness Medicine, nos Estados Unidos. Toda essa trajetória deu a aventureira de plantão novos conhecimentos médicos, e foi essa experiência que ela compartilhou com alunos e professores da Escola da Saúde da UnP, na palestra “Qual é o seu Everest”.

Durante quase quatro horas de evento, Karina contagiou o público ao contar sua experiência e falar sobre as etapas que superou para subir ao cume do Everest. Foram três anos na busca por patrocínio para a realização do sonho, com projeto entregue para 300 empresas e somente três respostas. Os desafios do planejamento da expedição, as dificuldades da montanha e do clima, tudo relatado pela mulher mais jovem a alcançar o “topo do mundo”, em março de 2013.

Em sua apresentação, Karina Oliani enfatizou a importância da coragem, do comprometimento com nossos ideais, do planejamento estratégico, gerenciamento de riscos e trabalho em equipe. Valores esses que a mantiveram na luta para conquistar seu sonho, e que ela incentiva aos alunos a buscarem dentro de si, seja para alcançar um sonho pequeno, ou mesmo algo que todos julgam ser impossível.

Os estudantes dos Cursos de Educação Física, Medicina, Enfermagem, Ciências Biológicas, entre outros do Campus Natal, tiraram dúvidas com a palestrante, e com muita descontração revelou curiosidades sobre o dia-a-dia na expedição, como por exemplo, como se toma banho em um frio que pode chegar a – 60° C. Karina Oliani encantou alunos, Professores e Coordenadores, e trouxe energia e incentivos extras para que 2015.1 comece com tudo na UnP.