Acessibilidade
13 de setembro de 2011 14:30

Cartão de Acesso à UnP será reimpresso garantindo benefícios para os estudantes

Um grupo de alunos do movimento “Acorda UnP!” conseguiu um feito inédito no âmbito das universidades locais, relacionado ao direito a alguns benefícios, antes atrelado exclusivamente à Carteira de Estudante. A reportagem do UnP EM FOCO conversou com o aluno do 4º período do Curso de Direito, Renato Pontes, para entender melhor o que significa essa mudança.

De acordo com Renato (à esq. na foto), apenas a Carteira de Estudante  dá direito atualmente à meia-entrada para eventos; no entanto, isso é feito mediante o pagamento de uma taxa que varia de R$ 10 a R$ 15 em todo o Estado.

Diante desse cenário, os alunos do Acorda UnP!, que militam no movimento estudantil decidiram lutar para que lhes fosse dado o direito legal de ter meia entrada nos eventos sem ter que pagar nenhuma taxa por isso. “Percebemos que a carteira de acesso à Universidade Potiguar trazia impressa no seu verso, a observação de que não era válida como carteira de estudante. Sugerimos, então, à Reitora da UnP, Sâmela Gomes, que substituísse esses dizeres por uma menção à medida provisória que garante ao aluno, o direito à meia-entrada nos eventos”.

A reimpressão dos cartões de acesso da UnP tornará a Universidade a primeira no Estado a garantir aos seus discentes, o direito à meia-entrada nos eventos utilizando esses cartões como um documento que passa a ser válido para esses fins. Vale lembrar que o uso do cartão de acesso como documento estudantil além dos espaços da Universidade, não abrange o direito à meia-passagem nos transportes coletivos: “Para isso, o estudante terá que pagar uma taxa de R$ 4,50 por um selo para esta finalidade, junto à Prefeitura do Natal” – afirma Renato.

“O mais importante nesta mudança é que todo aluno UnP irá receber uma Identidade Estudantil gratuitamente, da própria Universidade, através de uma iniciativa pioneira, que serve de exemplo para todas as outras Instituições de Ensino Superior no estado, podendo incluir no futuro, os alunos do Ensino Médio ” – reforça Renato. Segundo ele, o movimento Acorda UnP! surgiu em 2001, sendo “apartidário, sem diretoria, onde as decisões são tomadas coletivamente, envolvendo estudantes de cursos de várias graduações”.

Para o futuro, o movimento pretende lutar para transformar em Lei Municipal a decisão da Reitoria da UnP, modificando a lei atual, que confere total responsabilidade pelas carteiras do estudante ao SETURN.

Para a Reitora da Universidade, Profa. Sâmela Gomes, a UnP sempre se dispõe a analisar todos os pleitos referentes aos estudantes, e quando se é legalmente possível e traz visíveis benefícios, a Universidade prontamente se dispõe a deliberar favoravelmente aos alunos. “Nós não sabíamos que a simples retirada destes dizeres no verso de nossa carteira poderia trazer estes benefícios aos estudantes. Quando o pleito nos chegou formalmente, anexando a Medida Provisória que garante a meia-entrada, prontamente analisamos e decidimos favoravelmente. Esperamos com isto trazer ainda mais motivos para que nossos estudantes se orgulhem de fazer parte da nossa Universidade”, ressaltou.

A entrega das novas carteiras ocorrerá em breve e as datas serão comunicadas através das mídias internas da UnP.