Acessibilidade
2 de Abril de 2013 15:20

Comunidade acadêmica realiza elaboração conjunta para o edital do Exame Integrado 2013.1

A edição 2013 do Exame Integrado trouxe novidades em sua elaboração, com o apoio do corpo discente na aprovação de suas regras de execução e avaliação. Através de reuniões e encontros formais entre representantes dos estudantes e representantes acadêmicos os editais que regerão as provas de todas as Escolas do Conhecimento da Universidade Potiguar puderam ser elaborados de maneira consensual. O DCE-UnP também teve papel fundamental no processo, apresentando propostas e adequações.

A função principal da prova, realizada semestralmente nos campi de Natal e Mossoró, é a de aproximar o estudante do formato de provas que ele poderá enfrentar em concursos ou avaliações externas futuras. Dessa forma, é possível medir de forma precisa o nível de conhecimento dos alunos e prepará-los também para os desafios do mercado de trabalho, uma vez que possíveis dificuldades podem ser encontradas e corrigidas mais facilmente.

Um dos principais pontos abordados nas reuniões está relacionado ao resultado, que terá peso de 25% sobre a nota final do semestre – com exceção do curso de Direito, o qual seguirá disposições acertadas em edital específico da Escola, determinação acordada entre os representantes de todas as partes envolvidas.

A preparação realizada através do Exame Integrado também oferece aos alunos uma chance de melhorar ainda mais os seus currículos, uma vez que os seus resultados no ENADE possibilitam uma nota ainda maior no conceito dos cursos e um diferencial curricular para os egressos de cada graduação. “Faz parte da nossa missão contribuir com o desenvolvimento sustentável do estado, da região e do país. Portanto, temos a obrigação de preparar nossos estudantes, futuros profissionais, para alcançar bons resultados nos exames e processos seletivos, pois o seu bom resultado é a nossa certeza de dever cumprido”, explicou a Professora Sandra Amaral, Pró-Reitora Acadêmica da UnP.

O exame será realizado entre os alunos regularmente matriculados a partir da 3o série, sendo que as questões da prova deverão ser formuladas de acordo com os mesmos parâmetros utilizados na criação do ENADE, servindo como real preparação para a avaliação do MEC. Vale lembrar também que serão abordados apenas conteúdos específicos da série, específicos cumulativos das séries anteriores e associados aos conteúdos de formação geral de cada área, tratados no exame nacional.

“A Universidade Potiguar está sempre empenhada em oferecer o melhor em Educação para os seus discentes e garantir um diferencial marcante para os seus currículos dentro do mercado de trabalho. Por essa razão o Exame Integrado possui uma importância muito grande para os alunos, uma vez que lhes permite contribuir para o seu crescimento acadêmico e para as avaliações do mercado”, afirmou o prof. Raniery Pimenta, Diretor das Escolas de Gestão e Negócios e Hospitalidade.

Confira o Regulamento Geral que rege o Exame Integrado 2013.1 e os editais específicos de cada uma das Escolas do Conhecimento da UnP nos links abaixo.

Exame Integrado UnP 2013.1 – Regulamento Geral

Exame Integrado 2013.1 – Escola de Comunicação & Artes

Exame Integrado 2013.1 – Escola da Saúde

Exame Integrado 2013.1 – Escola do Direito

Exame Integrado 2013.1 – Escola de Educação

Exame Integrado 2013.1 – Escola de Engenharias & Ciências Exatas

Exame Integrado 2013.1 – Escola de Gestão & Negócios e Escola de Hospitalidade