Acessibilidade
12 de Maio de 2016 12:55

Congresso Científico do Campus Mossoró é sucesso de público na noite de abertura

Sucesso de público, a abertura do IX Congresso Científico do Campus Mossoró, da Universidade Potiguar, na noite do dia 11 de maio, já é considerada a maior de todas as edições do evento. A palestra magna ficou por conta dos palestrantes Wesley Barbosa e Bráulio Bessa, dois nordestinos, empreendedores, criativos, com muitas histórias e ensinamentos que prenderam a atenção do público durante mais de 2 horas, sempre em torno do tema do Congresso, “Empreendedorismo, Inovação e Sustentabilidade para o Semiárido”. Ainda estiveram presentes na abertura a Reitora e Diretora Geral da Universidade Potiguar, Professora Sâmela Gomes, a Pró-reitora Acadêmica, Professora Sandra Amaral, o Presidente do e-Labora, Professor Gedson Nunes, e várias autoridades da Universidade e de outras instituições de ensino do município.

Para a Diretora Acadêmica do Campus Mossoró, Professora Catarina Pinheiro, “a noite foi muito gratificante, inspiradora. Os dois palestrantes foram fantásticos, contribuíram para a formação dos nossos estudantes e engrandecimento de todos os participantes, falando sobre sonhos, realizações e caminhos percorridos. Isso é uma das bases da formação que o aluno precisa entender além dos bancos das salas de aula, cada um precisa acreditar nos seus sonhos e entender que para alcançá-los é necessário esforço pessoal, e acima de tudo, é preciso para saber aonde se quer chegar. O Wesley e o Bráulio mostraram histórias de muito sucesso que foi traçada que foi por caminhos difíceis, mas inspiradores. Pessoas simples, que conseguiram chegar onde estão porque trilharam um caminho de determinação, e hoje fazem com que essas histórias inspirem outras pessoas que precisam acreditar em si”.

Antes de subir ao palco, Wesley Barbosa falou sobre a expectativa de apresentar-se para o público do IX Congresso Científico da UnP. “Vai ser uma palestra especial, a última que faço no Brasil antes de ir para o Vale do Silício e a primeira vez que venho a Mossoró. Sou do Nordeste e fico feliz em voltar para a região. Estou bem realizado por palestrar para universitários, uma galera que quer aprender mais, com a cabeça aberta para vencer. Universitários estão sempre com a cabeça aberta. Vou falar sobre neurociência, liderança, inovação e performance, comunicação, comportamento e conversão daquilo que você deseja alcançar. Já vi que o público é grande e isso é animador.”

Aplaudido ao encerrar sua apresentação, Wesley deu a vez no palco para o segundo convidado, Bráulio Bessa, cearense, nascido no município de Alto Santo, escritor, poeta, empreendedor social e cultural, e criador do projeto “Nação Nordestina”, considerado nos dias atuais o principal ativista pela valorização da região Nordeste. Antes de sua apresentação, Bessa falou sobre seu trabalho. “Minha luta é para mostrar a importância de preservar o que é bom do nosso passado, das nossas raízes, para poder correr atrás do futuro, pois acredito que quem se esquece de onde veio não sabe para onde vai. Faço muitos eventos em universidade e busco sempre mostrar aos jovens que temos que ter orgulho de quem somos, de onde viemos, ter autoestima por ser do nordeste e por nossa história de vida, por mais difícil que seja.”

Se a expectativas dos palestrantes antes de iniciar as apresentações já eram as melhores, o andamento do evento superou tudo. Para a estudante de Psicologia da UnP, Clara Damásio, o evento foi “uma injeção de ânimo! Em muitos momentos enchi meus olhos de lágrimas  ao ver aquelas histórias de pura superação. Creio q os palestrantes conseguiram plantar uma sementinha de motivação em cada um que estava lá, que precisavam ver que toda mudança e superação depende em grande parte, da gente, do quanto queremos, planejamos  e lutamos pra conseguir alcançar  os objetivos.”

Sem dúvidas, a abertura do Congresso da UnP Campus Mossoró foi um grande evento, com emoção, ensinamentos e lições de vida que serão levadas para o cotidiano de quem teve a oportunidade de participar do momento.