Acessibilidade
27 de Maio de 2015 17:24

Curso de Jornalismo da UnP proporciona mesa-redonda e pré-lançamento de livro de Klester Cavalcanti

O jornalista e escritor Klester Cavalcanti participou, no dia 25 de maio, de uma mesa-redonda no auditório II da Unidade Floriano Peixoto. Prestigiaram o encontro alunos e professores dos cursos de Jornalismo e de Direito da Universidade.

O tema do debate foi a escravidão, que mesmo após quase 130 anos da abolição, ainda é uma realidade no país. Histórias de uma vida dedicada a libertação de escravos e os desafios encontrados na trajetória de uma Auditora Fiscal do Trabalho, é o tema do mais recente livro do escritor Klester, que teve pré-lançamento em Natal no evento proporcionado pela coordenação do Curso de Jornalismo da Universidade Potiguar.

A personagem principal do livro, Marinalva Dantas, participou da mesa-redonda e relatou os momentos mais marcantes e difíceis na trajetória como a ‘Dama da Liberdade’, que Klester relata em sua obra. Como Auditora do Trabalho, Marinalva ajudou a libertar da escravidão, em quase dez anos de atuação, mais de 2.300 pessoas. “Um dos momentos mais marcantes da minha carreira, ao qual nos emocionou foi a libertação de um senhor, que ficou escravo em uma fazenda por quase 20 anos,” conta Marinalva.

Klester falou para os presentes o prazer que o motivou a escrever sobre a vida da Auditora. “Marinalva é uma mulher comum, e me fascina pessoas comuns com histórias extraordinárias”. Na ocasião o escritor ainda respondeu perguntas dos participantes sobre a experiência na Síria, quando esteve refém durante a guerra civil. O autor de ‘Dias de Inferno na Síria’ ainda se mostrou surpreso ao relatar o fato, que por coincidência na data do encontro, completava três anos da sua libertação, após vários dias preso no país árabe.

Formaram ainda a mesa de debate os professores, Manoel Pereira, de Jornalismo, e Leonardo Medeiros, de Direito. A Professora e Coordenadora do curso de Jornalismo, Cristina Vidal, foi a mediadora do encontro.