Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

1 de setembro de 2014 16:31

Cursos técnicos e graduação tecnológica, qual a diferença?

Hoje em dia, o mercado está cada vez mais receptivo aos profissionais formados em cursos técnicos e tecnológicos. Há algum tempo era necessário se formar em uma graduação tradicional, bacharelado ou licenciatura para alcançar o sucesso e valorização profissional.

O Guia de Educação Profissional 2015 mostra dados do último Censo do Ensino Superior Brasileiro, realizado pelo Inep, e revela que entre 2011 e 2012 os cursos tecnólogos cresceram no país 8,5%, enquanto os de bacharelados cresceram 4,6% e as licenciaturas apenas 0,8%. Ainda de acordo com o Guia, a projeção é para 8 milhões de matrículas em cursos técnicos até o final de 2014.

Em relação à dúvida sobre as diferenças entre esses cursos, nós explicamos: A Graduação Tradicional repassa ao aluno uma base teórica maior, tem duração de quatro anos ou mais, dependendo do curso, e possibilita ao profissional atuar no mercado de trabalho ou seguir carreira acadêmica. No caso da Licenciatura, o objetivo é a formação de professores.

Já a Graduação Tecnológica ou Curso Superior Tecnológico tem duração de dois a três anos, e o objetivo é formar o profissional com um embasamento prático e específico para atuar no mercado de trabalho. O aluno com esse tipo de formação ainda tem a possibilidade de seguir com os estudos em um mestrado e doutorado, e está apto a concorrer à maioria dos concursos. No caso do Curso Técnico, não há relação com o nível superior, mas sim, com o nível médio, quando o aluno ao mesmo tempo em que conclui o Ensino Médio, se profissionaliza de forma técnica em alguma atividade.

A UnP oferece Cursos Técnicos e Graduações Tecnológicas. Acesse o site e conheça as opções.