Acessibilidade
25 de Maio de 2017 17:25

E-CODE da Escola de Engenharias e TI desenvolve portal de pesquisa sobre Síndrome do Intestino Curto

O projeto está sendo desenvolvido pela E-CODE, uma fábrica de softwares do e-Labora, em parceria com membros da Escola de Saúde da UnP.

Com o propósito de informar e conscientizar a população a respeito da Síndrome do Intestino Curto (SIC), a ciência e medicina se unem mais uma vez através de uma parceria entre a Escola de Engenharias e TI e a Escola de Saúde da Universidade Potiguar. Direcionado pelos professores Hideljundes Macedo, Henrique Eduardo e Felipe Ferrucio, o projeto está sendo desenvolvido pelos alunos concluintes do curso de Sistemas de Informação e tem como proposta inovadora a criação de um portal de pesquisa com todos os dados e informações abertas ao público sobre a doença.

No dia 19 de maio, em reunião inicial do projeto, os professores orientadores e os analistas do E-CODE participaram de uma palestra onde puderam esclarecer suas dúvidas sobre a doença e obtiveram importantes informações necessárias para darem continuidade no desenvolvimento do projeto com membros da equipe de saúde da Universidade Potiguar, incluindo a Profa. Amália Rêgo, Diretora da Escola de Saúde, o Prof. Carlos Moura, Coordenador dos cursos e o Prof. Dr. Silvio Dantas, professor de Medicina.

Os analistas desenvolvedores do projeto são alunos concluintes do curso de Sistemas de Informação que vão se formar no segundo semestre de 2017 e participam da E-CODE, uma fábrica de software que funciona como um centro de desenvolvimento dos alunos e estágios dos cursos da área de TI do e-Labora (Centro de Excelência em Pesquisa Aplicada).

Segundo os professores coordenadores do projeto, a E-CODE é o exemplo de que é possível unir com eficiência o mercado e escola, agregando alto valor acadêmico e diferencial aos cursos da Escola de Engenharias e TI.