Acessibilidade
11 de novembro de 2015 14:38

e-Labora lança edital de pesquisas 2016 para captação de novos projetos

O Centro de Excelência em Pesquisa Aplicada da Universidade Potiguar (e-Labora) lançou no dia 10 de novembro o edital de seleção das pesquisas que serão desenvolvidas nos dois semestres letivos de 2016. As inscrições dos projetos podem ser feitas por professores dos cursos de Graduação e Pós-Graduação stricto sensu da UnP até o dia 22 de janeiro. Os projetos selecionados serão conhecidos em 5 de fevereiro e o início das atividades está previsto para ocorrer em 1º de março.

Quinze áreas de conhecimento no âmbito dos cursos da Escola de Engenharias e Ciências Exatas poderão apresentar projetos de pesquisa, conforme o último anexo do edital. As propostas devem ser encaminhadas ao escritório do e-Labora (localizado na Unidade Nascimento de Castro), depois de preenchido o Formulário de Cadastro de Projeto de Pesquisa 2016.

A expectativa é receber propostas de pesquisa que demonstrem potencial para a transformação do conhecimento científico e tecnológico em inovações, sobretudo passíveis de geração de ativos de propriedade intelectual e/ou de empreendimentos inovadores, contribuindo para o desenvolvimento das áreas científica, educacional e incremento das potencialidades socioeconômicas locais e regionais, conforme se lê no edital.  “A pesquisa aplicada produz impacto na vida acadêmica, na medida em que promove a ampla circulação do conhecimento e o transforma em soluções para problemas reais, fazendo toda a diferença na formação de nossos alunos”, ressaltou o Coordenador Geral do e-Labora, professor Wendell Lopes.

O e-Labora atua no Campus Natal há dois anos através do desenvolvimento de pesquisa aplicada. Os nove projetos desenvolvidos e implementados em 2014 foram ampliados, sendo em 2015 com 16 pesquisas.

Várias delas vêm permitindo uma efetiva contribuição para os setores produtivos do estado, como é exemplo um aplicativo desenvolvido em parceria com o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado (Emater-RN) e lançado na Festa do Boi 2014. Este ano o aplicativo de uso restrito aos extensionistas rurais transformou-se em ferramenta digital para a população. Acessado com o celular, o Ceres Cidadão abre nova perspectiva na consulta a dados úteis de um determinado setor, como é o caso da Agricultura. As pesquisas também vêm tendo grande destaque em eventos científicos nacionais e internacionais.

Edital de Pesquisa – e-Labora 2016
Formulário – Cadastro de Projetos de Pesquisa e-Labora