Acessibilidade

Central de Atendimento: (84) 4020-7890

9 de Maio de 2014 17:42

Escola da Saúde realiza simulação interprofissional

A Escola da Saúde da UnP realizou nos dias 07 e 08 de maio, atividades de simulação interprofissional. As simulações envolveram alunos e professores dos cursos de Direito, Odontologia, Fonoaudiologia, Nutrição, Terapia Ocupacional, Farmácia, Biomedicina e Ciências Biológicas. No dia 07, a simulação ocorreu no Hospital Simulado da UnP, na Unidade Salgado Filho, e no dia 08, no Bosque das Mangueiras.

As simulações envolveram situações de dilemas éticos e legais sobre a Fertilização In vitro (Hospital Simulado), orientações para paciente internado que sofreu um Acidente Vascular Encefálico  (Hospital Simulado) e procedimentos diante da contaminação de um corpo de água (Bosque das Mangueiras).

A coordenadora de uma das simulações, a Professora de Direito, Adriana Lambert, falou sobre o momento. “É uma atividade nova, surpreendente. Superou nossas expectativas! A transdisciplinaridade, essa troca de experiências entre profissões, foi de extrema valia para nossos alunos. Eles conseguiram tomar decisões em equipe e decisões diárias diferenciadas. Foi muito importante para nós”.

A Professora de Fonoaudiologia, Ana Maria Reis, que também esteve à frente de uma simulação, acredita que a atividade é um marco na Instituição. “Essa é a primeira simulação interprofissional e eu acredito que é um marco na Instituição porque a gente vem trabalhando na área da saúde  com o objetivo dessa integração. Foi uma experiência muito valiosa para mim como docentes e para os alunos. É uma atividade que a gente pretende incluir nas unidades curriculares e todo semestre vão ocorrer”.

A aluna da 7ª série de Fonoaudiologia, Ingrid Garcia, que participou de uma das simulações no Hospital Simulado, falou sobre a experiência. “Foi uma atividade muito interessante. A gente viu a importância do outro profissional, do estudo de caso. Nos ajudou a ver a melhor formar de juntar os profissionais e dar uma melhor qualidade de vida ao paciente, já que está com limitações”, analisou.

O Professor Fábio Araújo, do Curso de Biomedicina, que participou da simulação no Bosque das Mangueiras, também elogiou as atividades. “É uma inovação na Rede. O objetivo é trabalhar essas competências comuns e também a interação entre os futuros profissionais. Outro desafio é o fato de ser em campo. Estamos em um lugar aberto e com uma quantidade maior de atores para que o aluno tenha realmente essa sensação de está num ambiente real”.

Galeria de fotos – Clique Aqui!