Acessibilidade
6 de novembro de 2017 18:42

Finalistas do Prêmio Laureate apresentam projetos à banca examinadora

Apresentações individuais e criativas promovem a interação entre os jovens empreendedores

Boas ideias precisam ser compartilhadas, assim as conexões levarão ao crescimento e ao bem comum da sociedade. No primeiro dia das oficinas sobre Empreendedorismo Social, os doze finalistas do Prêmio Laureate Brasil 2017 puderam expor seus projetos a todos os outros jovens empreendedores. Na ocasião, a banca avaliadora das apresentações orientou os jovens com intuito de melhorias nos projetos, visando maior impacto nas comunidades em que as ações são realizadas.

Uma das finalistas do prêmio, a idealizadora do projeto Quintal Urbano, Fernanda Rabelo, conta que está sendo uma experiência muito inspiradora e que todos os projetos apresentados trouxeram propostas transformadoras, muitas causas interessantes, impulsionando sua vontade de entrar nesse universo do empreendedorismo social. Para ela o networking, proporcionado nas oficinas só fortalece os projetos. “Cada um traz um pouco das suas referências. E os novos contatos são muito importantes para que a gente alavanque nossas ações, mostrando que a causa social pode sim estar atrelada a um negócio, a um empreendimento”.

Para Valéria Romano, idealizadora do projeto Ludkids, “esse momento de apresentações é muito importante pois possibilita maior interação com todos os participantes, já que em outros momentos não temos tanto tempo para compartilhar mais sobre os projetos”.