Acessibilidade
1 de Maio de 2016 19:20

Formação superior em Estética e Cosmética fortalece mercado da beleza

Os cuidados com a beleza e a aparência são constantes nos dias atuais, sejam motivados por vaidade, melhora da autoestima ou simplesmente em consequência da busca por qualidade de vida. O mercado de cosméticos movimenta bilhões só no Brasil, envolvendo a compra e venda de produtos e a execução de serviços em salões de beleza e clínicas de estética. Tem interesse na área? Contamos como iniciar uma carreira profissional nessa área!

O profissional de Estética e Cosmética é responsável por tratamentos corporais, faciais e capilares, bem como trata, por exemplo, de pacientes durante o pré e pós-cirúrgico em alguns casos, buscando melhorar os resultados da cirurgia ou diminuir os desconfortos do paciente. Ainda é o esteticista que realiza tratamentos no couro cabeludo, incluindo a prevenção da calvície, além da utilização de com alguns equipamentos que utilizam laser. Viu como a profissão vai além da limpeza de pele?

O esteticista tem que possuir conhecimentos básicos em farmacologia, química, processos biológicos, dermatologia e tecnologia aplicada ao exercício da profissão, essa última para a utilização correta e ética de equipamentos que auxiliam na obtenção de certos resultados, como o “sonofucus”, equipamento de ultrassom de alta potência utilizado para o tratamento de gordura localizada. O Guia do Estudante preparou uma lista com outras possíveis atuações desse profissional. Confira aqui.

A formação superior em Estética e Cosmética é possível através de uma Graduação Tecnóloga, ou por meio de um Bacharelado. Em Natal, a UnP, única Universidade privada do estado e integrante da rede Laureate, oferta a Graduação em Estética e Cosmética, com 3 anos de duração. O curso integra a Escola da Saúde UnP, que conta com laboratórios e equipamentos de ponta, além de professores, em sua maioria, Mestres e Doutores.