Acessibilidade
12 de Maio de 2011 12:12

Gestão Ambiental se destaca em avaliação do MEC

 

 Pioneiro no Rio Grande do Norte, o Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental foi avaliado pelo Ministério da Educação e Cultura, no início do mês, com o conceito quatro, sendo cinco a avaliação máxima. Foram analisados itens como organização didático-pedagógica, corpo docente e instalações físicas.

Para a direção do curso, o conceito obtido é fruto do comprometimento, envolvimento e trabalho de todos que fazem à UnP. O diretor adjunto, prof. André Pessoa, ressalta que “obtivemos a melhor avaliação já atribuída para um curso de tecnologia em Gestão Ambiental de nossa região. Apenas duas das 14 instituições de Ensino Superior que ofertam essa graduação no Nordeste tiveram seu curso avaliado com conceito quatro, e a UnP é a única do Estado”.
Segundo a diretora do curso, profa. Vilma Maciel, “esse resultado vem a confirmar que o curso de Gestão Ambiental está muito bem organizado do ponto de vista didático-pedagógico, que nossos professores possuem formação acadêmica e experiência profissional na área e que a infraestrutura disponível para a realização das atividades acadêmicas é de ótima qualidade”. 
 

Além dos itens avaliados, o curso apresenta diferenciais como: a qualificação e experiência profissional do corpo docente no eixo tecnológico do curso, o que permite a condução de atividades acadêmicas interdisciplinares que, por sua vez, favorecem a articulação da teoria com a prática e a aproximação com o mercado; o estímulo à participação dos alunos em atividades de iniciação científica, extensão e ação comunitária durante todo processo formativo; os modernos laboratórios e o amplo acervo bibliográfico, diversificado e atualizado; a emissão de certificações intermediárias ao estudante, à medida que desenvolve valores, atitudes, habilidades e competências, o que lhe possibilita acesso ao mercado profissional; dentre tantos outros.

O curso, que funciona na unidade Salgado Filho, iniciou suas atividades em 2007. Sua proposta pedagógica está fundamentada no desenvolvimento de estudos e atividades que propiciem ao aluno a compreensão e avaliação dos impactos resultantes da busca do homem pela sobrevivência e pelo aumento da produtividade, sobretudo no contexto da internacionalização da economia, do uso crescente de novas tecnologias nos processos produtivos e, ainda, dos padrões econômicos, sociais e culturais em que ocorrem o lazer e o turismo. O atual arranjo curricular comporta 29 disciplinas que constituem os cinco blocos de conhecimento que integram os ciclos de formação do curso.

Em Natal, até o momento, já foram formados mais de 200 profissionais tecnólogos aptos promoverem a compatibilização do desenvolvimento econômico-social com a preservação do meio ambiente e do equilíbrio ecológico. Com a qualidade de ensino reconhecida local e regionalmente, os egressos encontram excelentes oportunidades de colocação no mercado de trabalho.
gestaoambiental@unp.br (84) 3215-1206