Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

30 de maio de 2019 15:03

I Expo Gourmet aborda temas da gastronomia em oficinas e concursos

O Curso de Gastronomia abordou várias temáticas em suas oficinas na I Expo Gourmet. O evento acontece nos dias 29 e 30 de maio na Unidade Roberto Freire. A Confeitaria Inclusiva foi um momento voltado para pessoas que possuem restrições alimentares, como; glúten, lactose, entre outros alimentos. A segunda foi a Cozinha Indígena, baseada na cultura gastronômica do Brasil, “nossa primeira influência na gastronomia é a cozinha indígena. E esta é uma forma de resgatarmos as nossas origens em relação a alimentação”, declara a Profa. Coordenadora do Curso de Gastronomia, Annamaria Nascimento.

Ela afirma que esta é uma grande oportunidade de integração da academia com o mercado. “Eles estão podendo mostrar suas especialidades e trazer para dentro da universidade o que está sendo explorado e trabalhado no mercado”.

Nos dois dias, os alunos de Gastronomia participaram de concursos que foram divididos por: entrada, prato principal e sobremesa. Cada etapa foi apresentada por duplas que tiveram tempo determinado para preparar os pratos para os jurados experimentarem. A entrada e o prato principal foram releituras de comidas típicas, ginga com tapioca e feijoada. O momento da sobremesa foi uma adaptação que os professores fizeram com o evento Sweet-Coffe Week que aconteceu em Natal durante duas semanas. Os alunos se basearam na massa choux que é típica da Itália, tema da Semana Doce.

Os participantes do concurso foram estudantes de 1ª a 4ª série do Curso de Gastronomia, eles se inscreveram, passaram por uma pré-seleção, fizeram trabalhos científicos sobre os pratos apresentados e foram selecionados. Os vencedores ganharam, além do certificado de participação, prêmios que foram oferecidos pelos patrocinadores e até mesmo vagas de estágio.

A oficina de Chantininho, que é uma técnica onde se mistura chantilly, leite em pó e glacê, utilizado principalmente para decoração de bolo, foi uma das mais cheias. Ela foi ministrada por Tayná Pimentel da Brigaderia Dedo de Moça, que ensinou técnicas com a cobertura. A ideia foi promover momentos diversificados para que os participantes tivessem entendimentos de várias áreas da culinária. “As oficinas estão sendo um sucesso e superando nossas expectativas é muito gratificante ver nosso empenho e esforço sendo recompensado”, falou a Profa. Simone Grazyele.