Acessibilidade
1 de novembro de 2015 18:56

Mercado amplo e sólido para o Engenheiro de Energias

Com a alta da demanda de serviço na área de energias, o engenheiro desse ramo se coloca em destaque no ranking de profissionais mais procurados pelo mercado. Existem várias colocações em que o graduado em Engrenharia de Energias pode trabalhar, inclusive na área de busca por fontes alternativas e renováveis, como afirma a pesquisadora Maria Luiza Sperb Indrusiak, ao portal Guia do Estudante.

O engenheiro é responsável por planejar e desenvolver sistemas de geração de energias, bem como elaborar meios para o transporte e transmissão, além de desenvolver formas de distribuição. Em todos os segmentos que dizem respeito a energias, o profissional pode operar em: hídrica, solar, eólica, nuclear ou de biomassa.

A busca por fontes renováveis e de eficiência energética faz apontar uma nova perspectiva para esse profissional. A região nordeste ganha destaque nas formas renováveis de geração de energias, como a eólica, e vem se tornando campo vasto para atuação do engenheiro do ramo.

A Universidade Potiguar oferece aos alunos do Curso uma base científica e tecnológica ao qual, em cinco anos de graduação, capacita o graduando para alcançar um perfil competitivo e adequado exigido pelo mercado. Na graduação é dado um direcionamento ético e voltado para o desenvolvimento de soluções seguras e sustentáveis para o setor, colocando em destaque a responsabilidade com o meio ambiente.

Se identificou com a área? Saia na frente e faça parte da primeira turma do curso na UnP. As inscrições estão abertas.