Acessibilidade

Central de Atendimento: (84) 4020-7890

8 de julho de 2015 09:51

Núcleo de Prática Jurídica do Campus Natal concorre ao XII Prêmio Innovare

Inscrito no XII Prêmio Innovare, o Núcleo de Prática Jurídica da Universidade Potiguar, Campus Natal, recebeu na tarde da última segunda-feira, dia 6 de julho, a presença de uma pesquisadora do Instituto Datafolha. O objetivo da visita foi a realização de uma entrevista que visa a coleta de informações que serão avaliadas pelos jurados do prêmio. Essa é a primeira etapa da premiação, que tem como finalidade identificar e disseminar as práticas que contribuem para a agilidade e modernização do Judiciário brasileiro.

Implantado em 1996, o Núcleo de Prática Jurídica da Universidade Potiguar, Campus Natal, sempre busca a inovação na prestação de seus serviços. É esse trabalho contínuo que gera bons resultados no atendimento ao público e na formação dos alunos do Curso de Direito da Instituição. Em 2011, o Curso de Serviço Social passou a integrar o NPJ da UnP, e desde então, além dos alunos das últimas séries do Curso de Direito, estudantes concluintes da Graduação em Serviço Social também realizam interdisciplinarmente o atendimento às pessoas que possuem demandas jurídicas.

O trabalho é acompanhado por professores da Instituição, e acontece em quatro etapas: orientação e acolhimento, triagem, encaminhamento, e atendimento jurídico. As três primeiras etapas são realizadas por alunos de Serviço Social, e esse é o grande diferencial da Prática Jurídica da Universidade. De acordo com a Tutora Geilza Araújo, “o projeto busca a humanização do atendimento, acompanhando cada caso de forma individualizada, observando as necessidades sociais dos usuários. Além das demandas jurídicas, buscamos por exemplo, auxiliar e encaminhar as pessoas na aquisição de documentos, ou atendimento psicológico e médico, quando necessário.”

Essa atenção mais humana aos casos atendidos foi o que levou o Núcleo, agora em 2015, a ser inscrito no Prêmio Innovare, na categoria Justiça e Cidadania, com o projeto “o Serviço Social no Núcleo de Prática Jurídica da UNP: contribuindo para o acesso à justiça, resolução de conflitos e efetivação da cidadania”, de autoria da  Tutora Geilza Araújo. A motivação para a inscrição se deu devido aos registros do Núcleo, que apontaram que a assistência social trabalhando em parceria com o direito, levou à diminuição de demandas litigiosas, o que reflete no desafogamento do judiciário. A próxima etapa do Prêmio é em outubro, quando os finalistas serão divulgados. O vencedor será conhecido em dezembro.

O Núcleo de Prática Jurídica da UnP funciona na Unidade Floriano Peixoto e atende, de segunda à sexta-feira, a demanda de serviços jurídicos da população de todas as Zonas urbanas de Natal. As demandas são das diversas áreas do direito, com exceção de penal. O serviço é gratuito e conta com toda a infraestrutura da Universidade, com cabines de atendimento individual, computadores, e salas climatizadas. Para maiores esclarecimentos, pode-se procurar diretamente o NPJ no endereço Rua Seridó, n.º 395, Petrópolis, ou ligar para o telefone 3215-1101.