Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

23 de Abril de 2015 14:46

Número de bolsistas e voluntários dos projetos de pesquisa e-Labora é recorde

As vagas para bolsistas e voluntários nos projetos do Centro de Excelência em Pesquisa Aplicada da UnP (e-Labora) registraram este ano uma procura recorde. Inscreveram-se 225 alunos de diversos cursos da Escola de Engenharia e Ciências Exatas, um aumento de 350% em relação a 2014. Para cada um dos 14 projetos aprovados para serem desenvolvidos ao longo deste ano, foram selecionados 2 bolsistas (total de 28). O número de voluntários variou em função do projeto. No cômputo geral, foram selecionados cerca de 120 alunos em Natal e Mossoró.

O objetivo é despertar e incentivar o interesse dos alunos de Graduação para a pesquisa e educação continuada. “Os bolsistas irão vivenciar as várias etapas da pesquisa acadêmica, da escrita à apresentação de resultados em eventos, da sistematização de ideias e referenciais teóricos à síntese de observações ou experiências, habilitando-o a tornar-se realmente um pesquisador”, detalha o professor Wendell Bezerra Lopes, presidente do e-Labora.

Os bolsistas atuarão em projetos de pesquisas distribuídos em grandes áreas do conhecimento: Construção Civil, Arquitetura e Engenharia, Desenvolvimento de Softwares, Autonomia e Controle, Microeletrônica, Energia, Petróleo e Gás, e Produção. As atividades dos 28 selecionados serão iniciadas no mês de maio. O estudante deverá cumprir carga horária de 20 horas semanais e as atividades de iniciação a pesquisa serão exercidas, obrigatoriamente, em turno diverso daquele no qual o aluno estiver matriculado no curso de Graduação.

Participando de projetos de pesquisa que desenvolvem soluções para problemas reais, os alunos de graduação terão a oportunidade de participarem de uma imersão nas respectivas áreas, além de incorporar estas experiências ao currículo e ao futuro profissional. Eles serão orientados por professores vinculados as oito linhas de pesquisas, como esclarece o professor Wendell Lopes. Na área de Construção Civil, por exemplo, um dos projetos prevê a análise de viabilidade para tratamento e aplicação de gesso reciclado, enquanto na área de Microeletrônica, será proposto o desenvolvimento de um sistema para realização de screening auditivo utilizando disponíveis móveis. Todos os projetos estão relacionados no Edital de Resultado.

Os alunos selecionados estarão aptos a exercer as atividades de Iniciação a Pesquisa em 1º de maio depois de assinarem os Termos de Compromisso, o que deve ser feito até esta sexta-feira, dia 24 de abril. Os termos estão disponíveis para assinatura no escritório do e-Labora, na Unidade da Nascimento de Castro ou com os assistentes de curso no Campus Mossoró.

Em 2014, as nove pesquisas desenvolvidas por professores e alunos vinculados ao e-Labora apresentaram resultados expressivos, como o aplicativo desenvolvido em parceria com o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado (Emater-RN), já incorporado à rotina dos extensionistas rurais potiguares para assegurar um trânsito mais eficaz e dinâmico de informações. Outros projetos resultaram em protótipos experimentais e foram apresentados com destaque em congressos científicos nacionais e internacionais. O centro também se tornou um importante aglutinador de cursos para formação complementar dos alunos. O novo calendário será conhecido em breve.

* Por Stella Galvão, gestora de comunicação do e-Labora.