Acessibilidade
9 de Abril de 2018 11:13

Pesquisas do Mestrado em Biotecnologia são aceitas em publicações internacionais

Artigos mostram efeitos nos tratamentos do Alzheimer e Parkinson contam com autoria de professores da UnP

Dois artigos de autoria dos professores do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGB) da UnP descrevendo os efeitos de plantas e leguminosas no tratamento de pacientes com Alzheimer e Parkinson foram aceitos por internacionais. As pesquisas foram publicadas, respectivamente, na “Current Neuropharmacology” e “Pharmacognosy Review”, periódicos de grande destaque na área científica.

O primeiro trabalho mostra como a Curcuma longa (nome científico do açafrão) pode auxiliar na reversão do dano neurotóxico da doença de Alzheimer. Intitulado “Supplementation with Curcuma longa Reverses Neurotoxic and Behavioral Damage in Models of Alzheimer’s Disease: A Systematic Review”, o artigo foi aceito pela revista Current Neuropharmacology com Fator de Impacto 3,36 (saiba mais sobre o fator de impacto abaixo) sendo assinado por quatro docentes/pesquisadores do Mestrado em Biotecnologia da UnP: Eduardo Pereira de Azevedo, Amália Cinthia Meneses do Rego, Irami Araújo Filho e Fausto Pierdoná Guzen. Juntamente com eles, também são autores do trabalho, os docentes/pesquisadores do Laboratório de Neurologia Experimental da UERN, Ianara Mendonça da Costa, Marco Aurelio de Moura Freire, José Rodolfo Lopes de Paiva Cavalcanti, Dayane Pessoa de Araújo, Bianca Norrara, Eudes Euler de Sousa Lucena, Francisca Idalina Neta e Isleânia Maria Marques Moreira Rosa.

PARKINSON
Além desse trabalho o grupo obteve a aprovação do artigo intitulado “Effects of Mucuna pruriens (L.) Supplementation on experimental models of Parkinson´s disease: A Systematic Review” na revista Pharmacognosy Reviews (fator de impacto 4.31). Essa pesquisa relata como a Mucuna pruriens (nome científico da planta conhecida popularmente como feijão de veludo) auxilia no tratamento da doença de Parkinson reduzindo os déficits motores.

“A Curcuma longa e a Mucuna pruriens são compostos que possuem excelentes potenciais para o tratamento de doenças neurodegenerativas como a doença de Alzheimer e Parkinson, minimizando assim a progressão, melhorando a sintomatologia do paciente”, explica o Prof. Dr. Fausto Guzen. Os trabalhos consistem em revisões sistemáticas, levantando em consideração diversos estudos existentes na literatura.

FATOR DE IMPACTO
O Fator de Impacto (FI), originalmente nomeado de Impact Factor (IF), é uma métrica utilizada para avaliar as revistas científicas em todo mundo. Ele é medido através das citações recebidas. O índice foi proposto em 1955 pelo pesquisador americano chamado Eugene Garfield, hoje considerado um dos fundadores da biblometria e da cienciometria.