Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

4 de novembro de 2016 18:39

PET Letras homenageia o poeta Mário de Sá-Carneiro com palestra e apresentações poéticas

O PET Letras vai comemorar o centenário do poeta Mário de Sá-Carneiro, no dia 7 de novembro, a partir das 17h. Os alunos farão apresentação da performance poética “O Príncipe das Ilhas Transtornadas”, inspirada em versos das obras do célebre poeta do modernismo português. O Professor Me. Francisco Freire de Amorim fará palestra de homenagem com o tema “Sá-Carneiro e Orpheu: Uma geração em fragmentos”.

O roteiro do evento é idealizado por Graciela Saldanha, bolsista do PET Letras, que tem como tutora a Professora Doutora Conceição Flores. Além do poeta, os amigos do Orpheu também serão homenageados: Fernando Pessoa e Almada Negreiros.

Sobre Mário de Sá-Carneiro

É figura incontornável da literatura portuguesa. Pertenceu à geração do Orpheu e ao mecenato de seu pai se deve a publicação dessa icônica revista, marco do modernismo em Portugal. Amigo de Fernando de Pessoa com ele trocou vasta correspondência, enquanto morou em Paris.  Dessa correspondência, chegaram até nós as cartas recebidas por Pessoa e por meio delas ficamos a conhecer não só a sólida amizade existente entre eles como os dilemas que afligiam Sá-Carneiro.

Anunciou ao amigo que iria suicidar-se e, em 26 de abril de 1916, aos 25 anos, num pequeno hotel em Paris, tomou vários frascos de estricnina e morreu. Sua obra é composta pelos livros: Princípio (novelas – 1912), Memórias de Paris (coletânea de memórias – 1913), A Confissão de Lúcio (romance – 1914), Dispersão (poesia – 1914) e o último publicado em vida, Céu em Fogo (novelas – 1915). As cartas escritas para Fernando Pessoa publicadas em dois volumes em 1958 e 1959. Para que os alunos de letras ampliem seus conhecimentos sobre a obra poética de tão importante escritor, propomos este evento.