Acessibilidade

Central de Atendimento: (84) 4020-7890

19 de Abril de 2018 11:57

Professoras e alunas levam trabalhos para Congresso Nacional

Docentes e alunas de Direito e Serviço Social apresentarão trabalhos em evento que será realizado em Brasília

As professoras Rosângela Zuza e Henara Marques, do Curso de Direito do Campus Mossoró, e a Professora do Curso de Direito, Roberta Abbott e a Tutora de Serviço Social, Érica Luciana, do Campus Natal, tiveram trabalhos aprovados no X Congresso Nacional da Associação Brasileira de Ensino do Direito. O evento é promovido pela Associação Brasileira de Ensino do Direito (Abedi) e será realizado entre os dias 7 e 9 de maio, na Faculdade de Direito da Universidade de Brasília–UnB.

Em seu artigo, as docentes Rosângela e Henara demonstram como a utilização de metodologias ativas pode ser o vetor do aprendizado. A pesquisa tem como título “O ensino jurídico: do tradicionalismo à autonomia, a simulação aplicada nas disciplinas de Direito Civil – Contratos e Direito Penal – Parte Especial” e foi baseado na experiência docente das autoras na sala de aula na UnP. Na realização dessa prática, foi observado pelas professoras um índice de aproveitamento superior a 80% dos conteúdos trabalhados na simulação (metodologia ativa). O grupo de trabalho no qual o trabalho será apresentado chama-se “Experiências e modelos de ensino jurídico, na linha de pesquisa metodologias ativas”.

Já o artigo da Profa. Roberta e da Tutora Érica discorre sobre a implantação do – Setor de Resolução de Controvérsias por meio Autocompositivos (SRCA) – no Núcleo de Prática Jurídica da UnP no Campus Natal. O título do trabalho é “Conciliação e Mediação extrajudiciais e Pré-processuais em casos reais no âmbito dos Núcleos de Prática Jurídica como forma de aumentar a aprendizagem dos discentes: implantação e experiências do Núcleo de Prática da UnP (relato de projeto)”. A pesquisa conta ainda com a colaboração das acadêmicas em Direito Beathriz Chianca e Daniele Boente.

O artigo será apresentado no grupo de trabalho que reúne NPJs e Projetos institucionais de vários estados. A pesquisa relata sobre a importância da vivência dos alunos em atividades reais e sobre a implantação da disciplina de Prática Supervisionada em Mediação e Arbitragem, indispensável nos dias atuais ante a sua relevância na resolução de conflitos.