Acessibilidade
4 de Abril de 2014 17:18

Professores do Mestrado em Biotecnologia firmam protocolos de cooperação na Europa

Os professores Marco Botelho, Coordenador do Mestrado de Biotecnologia da UnP  e a Professora Dinalva Queiroz, também do Mestrado, visitaram a Holanda e França no início do mês de março com o objetivo de  trazer melhorias ao Curso, através de protocolos de cooperação.

Na Holanda, os professores realizaram uma visita à cidade de Rotterdam para firmar um protocolo de cooperação em pesquisa com a River Diagnostics. Este protocolo tem como objetivo o melhoramento do Biolipídeo B2, que é um veículo para reposição hormonal desenvolvido durante o Doutorado da Professora Dinalva.

Os professores realizaram visitas a instalações e testes laboratoriais e ensaios clínicos de permeação cutânea com a nova versão do Biolipídeo B2 , o Biolipideo B3, utilizando um novo aparelho, o Spectrometro confocal de Raman, desenvolvido pelos físicos da River Diagnostics, Gerwin Puppels e Peter Caspers, para avaliar a permeação cutânea. Durante a visita também foi possível viabilizar um protocolo para treinamento de alunos de graduação e ou pós-graduação junto à River Diagnostics, para que eles possam operar o novo aparelho desenvolvido pela empresa.

Em Paris, os professores se reuniram com a Professora Amanda Brum, da Universidade de Paris 7, atual colaboradora do Mestrado em Biotecnologia da UnP. “No encontro foi possível conhecer as instalações e laboratórios de cultivos de células, assim como estabelecer as metodologias a serem usadas no desenvolvimento de novas drogas com nanopartículas a serem utilizadas no tratamento do câncer”, explicou o professor Marcos Botelho.

Um dos tópicos discutidos durante o encontro foi sobre futuras patentes que serão conduzidas pelo grupo de pesquisadores em parceira com o Departamento de Física da Universidade de Paris Diderot 7, tendo a supervisão da professora Amanda Brum.  Na ocasião, a professora comunicou a aprovação do workshop entre Brazil/França, previsto para ocorrer em dezembro em Paris, como o tema nanofármacos e com o objetivo de desenvolver novas metodologias para o tratamento do câncer no futuro. O workshop será realizado em parceria com a UnP e o Grupo Evidence, parceiro institucional do Mestrado em Biotecnologia da UnP.

Para o professor Botelho essas visitas são essenciais para a “Internacionalização do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia e produção de artigos internacionais com a equipe da universidade de Paris 7”, concluiu.