Acessibilidade
16 de Abril de 2018 19:44

Projeto de Educação Física desenvolve educação motora de crianças

Escola do Movimento atua hoje, principalmente, com pacientes com Síndrome de Down, mas é aberto a qualquer criança com idades entre 4 e 10 anos

Foram retomadas, no dia 6 de abril, as atividades da Escola do Movimento. O Projeto, executado pelos alunos do Curso de Educação Física, existe há pouco mais de um ano e tem como objetivo estimular a educação motora de crianças de até 10 anos que demandem dessa necessidade, atuando por meio da construção de um espaço lúdico com atividades psicomotoras que favoreçam o seu desenvolvimento. O serviço é gratuito e aberto à população em geral no Centro Integrado de Saúde (CIS) da Unidade Salgado Filho.

Com apoio de Cursos da Escola de Saúde, a Escola do Movimento acontece no Laboratório de Práticas Corporais, duas vezes por semana: nas terças e sextas-feiras, das 14h30 às 16h. Atualmente, o Projeto mantém as atividades com crianças entre 4 e 10 anos de idade e sendo o maior público, de crianças com Síndrome de Down.

As crianças que participam do Projeto possuem idade próxima, por isso há, por enquanto, uma única turma. Livre para a comunidade em geral que demande de educação motora, a inscrição de crianças mais novas é bem-vinda e dará abertura a uma segunda turma.

Acadêmico
Para a Preceptora Laíssa Marinho, responsável por acompanhar os alunos envolvidos no Projeto junto com a Preceptora Vanessa Pinto, a Escola do Movimento contribui para uma qualidade de educação considerando a perspectiva de inclusão social, de forma que favorece aos alunos e voluntários, a convivência com pessoas de necessidades educacionais especiais: “Há uma vivência de comunidade entre eles. Interação e integração dos nossos alunos e voluntários com as crianças em atendimento”.

Serviço
Escola do Movimento
Atendimentos gratuitos à população
Local: CIS UnP – Unidade Salgado Filho
Dias e horários: terças e sextas-feiras, das 14h30 às 16h