Acessibilidade
26 de Março de 2014 10:45

Projeto organiza acervo do ex-presidente da República Café Filho

“Café em meio a papéis: memória, história e política a partir do acervo documental do ex-presidente da República, João Café Filho”. Este é o título do projeto ligado ao curso de História da Universidade Potiguar, integrante da Rede Laureate, em parceria com o Centro de Documentação Eloy de Souza da Fundação José Augusto – CEDOC/FJA, que está organizando o acervo do único político potiguar que chegou à presidência da República.

De acordo com o Coordenador do Curso de História da UnP, Professor Mariano de Azevedo, esta é uma das fases de “um grande projeto sobre História Política que visa tratar de forma adequada e profissional os arquivos das principais personalidades políticas do Rio Grande do Norte, como o ex-presidente da República João Café Filho”, explicou.

O Projeto é fruto de uma parceria da UnP com o CEDOC/FJA, ligado ao Governo do Estado, e com o projeto de pesquisa “Espaços da Modernidade”, liderado pelo prof. Dr. Raimundo Nonato da Rocha da Universidade Federal do Rio Grande do Norte- UFRN. No momento, além do Coordenador Mariano de Azevedo, dois docentes da Universidade Potiguar estão engajados na pesquisa: Arthur Torquato, que coordena os trabalhos do Projeto, e José Evangilmarison Lopes. Seis alunos também estão trabalhando diretamente no acervo.

A meta principal, segundo Azevedo, é publicar, juntamente com os parceiros, um catálogo de documentos devidamente tratado e organizado, além de realizar exposições sobre o tema. A expectativa , segundo o Coordenador, é que o Projeto contribua tanto na área acadêmica quanto social. “A nossa expectativa é que este Projeto cumpra uma importante meta acadêmica, mas também social, uma vez que está contribuindo para a construção da História do Rio Grande do Norte sob novas perspectivas e olhares mais críticos e especializados”, afirmou.

O Coordenador ressaltou ainda relevância do Projeto para a UnP, o Curso de História e comunidade acadêmica. “Sem dúvidas, para a Universidade Potiguar, e em especial para o curso de História, está sendo uma oportunidade muito importante. Todos os nossos professores e alunos estão felizes e engajados no Projeto, que já está criando um enorme aprendizado para nossa área”, comemorou.

Presidente Potiguar

João Café Filho foi um dos políticos do Rio Grande do Norte que mais teve destaque no cenário político nacional. Atuante desde a chamada “Revolução de 1930”, que levou o presidente Getúlio Vargas à Presidência da República, Café Filho, como era mais comumente conhecido, se tornou vice-presidente do próprio Getúlio no segundo mandato deste e assumiu a Presidência em 1954, quando o Presidente Vargas cometeu suicídio causando grande comoção nacional. “Pode-se dizer que, no mínimo, Café Filho é uma figura interessante de se estudar devido seu envolvimento em contextos políticos da História do Brasil amplamente estudados, discutidos e até polemizados. Entender melhor qual foi o seu papel nisso tudo já é um desafio acadêmico e intelectual importante, além de muito interessante”, analisou Azevedo.

Clique aqui para ver algumas fotos do Projeto!