Acessibilidade
29 de Março de 2017 11:02

Revista Científica de Direito passa a ser divulgada em principal base de pesquisa da Europa  

A Juris Rationis recebeu o reconhecimento e foi indexada a Rede Iberoamericano de Inovação e Conhecimento Científico (REDIB).

A Escola do Direito comemora uma grande conquista. A pesquisa se consagra como uma das áreas que o Curso se destaca. A Revista Científica Juris Rationis, que tem a publicação periódica semestral, foi reconhecida internacionalmente e passa a ter visibilidade em toda Europa. O repositório/indexador do Ministério da Economia, Indústria e Competitividade da Espanha reconheceu e incluiu a publicação nos seus bancos de dados. Os trabalhos acadêmicos publicados no periódico passam a integrar a Rede Iberoamericano de Inovação e Conhecimento Científico (REDIB).

“Quando uma revista é indexada, os artigos passam a ser disponibilizados nesses grandes centros de universalização do conhecimento. Os pesquisadores na Europa consultam a REDIB em busca de artigos para pesquisar. O nosso faz parte agora e fica mais acessível para o público da União Europeia. Isso mostra a nossa credibilidade, porque não são todas as revistas que fazem parte. Existe um sistema criterioso de seleção de periódicos para serem  destaques na plataforma”, explicou o professor mestre Fillipe Azevedo, editor da Revista.

Em seis anos de história, lançada em 2011, a publicação se consolida como a primeira de uma Instituição de Ensino Superior a ser indexada pelo repositório no estado. A Juris Rationis já contava com um indexador de peso na América Latina, o Latindex, e agora expande seu alcance de divulgação dos trabalhos acadêmicos produzidos na Universidade para toda a União Europeia.

A revista é publicada pela editora EdUnP e tem como editor responsável o professor mestre Fillipe Azevedo e a professora mestre Claudia Vechi Torres. Periodicamente é aberta chamada para textos inéditos na modalidade de artigos para a publicação, produzidos por alunos e professores.

Notícias relacionadas