Acessibilidade
15 de Maio de 2013 18:02

UnP Campus Mossoró sedia sessão da Câmara Municipal

A Universidade Potiguar do Campus Mossoró sediou nesta quarta-feira, 15, dentro do VI Congresso Científico e Mostra e Extensão, uma sessão da Câmara Municipal de Mossoró, realizada pela primeira vez na Instituição. O momento faz parte do projeto Câmara na Escola, que tem o objetivo de promover a aproximação da Casa com estudantes e sociedade. Em tribuna popular, professores da Instituição apresentaram aos vereadores uma série de propostas da Escola do Direito; Escola de Gestões e Negócios; Escola de Saúde; e Escola de Engenharia e Ciências Exatas.

O presidente da Câmara, Francisco José Jr. (PSD), comprometeu-se, em nome da Casa, a encaminhar as questões apresentadas pela UnP às autoridades competentes, por meio de ações apoiadas pelos 21 vereadores da cidade. A ocasião também serviu para a articulação de possíveis convênios entre a Câmara e a Instituição, voltados à viabilização de práticas como o recebimento de alunos de Direito para participação em Comissões Permanentes e na Escola Legislativa da Câmara de Mossoró.

Segundo o Professor Everkley Magno, Coordenador do VI Congresso Científico, este foi um momento significativo para a Universidade. “É um momento ímpar dentro da sexta edição do Congresso porque possibilitou a aproximação da Universidade com o Poder Legislativo local e segmentos da sociedade civil através de cartas propostas previamente elaboradas pelas Escolas de conhecimento da UnP”, explicou. O Diretor Geral da UnP – Campus Mossoró, Frank Felisardo, também considerou o momento “memorável” por todas as peculiaridades do evento.

O vereador Genivan Vale (PR) destacou a alegria do momento em que a “Universidade abre as portas para a política”, ressaltando a importância do evento para a democracia. O vereador Luiz Carlos (PT) também elogiou a realização da sessão na UnP e afirmou que as propostas da Universidade serão aprovadas integralmente. “Vamos subscrever na íntegra essa pauta. A Universidade está de parabéns”.