Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

22 de Maio de 2013 10:41

UnP Campus Mossoró sediará Conferência das Cidades

Na tarde do dia 16 de maio, o Secretário de Desenvolvimento Urbano de Mossoró, Alexandre Lopes, e membros da secretaria, se reuniram no auditório do Ginásio Pedro Ciarlini para divulgar a programação da 5° Conferência Nacional das Cidades. O evento, que ocorre a cada dois anos, será realizado no dia 23 de maio na Universidade Potiguar Campus Mossoró e terá como tema: ‘Quem muda a cidade somos nós: Reforma Urbana já’.

 

O objetivo é definir um Plano de Governo Municipal visando o desenvolvimento urbano da cidade. A abertura oficial será às 8h com a recepção e credenciamento dos grupos na UnP. 

 

Para o secretário Alexandre Lopes, é importante a participação da população para o desenvolvimento do projeto. “É importante que arquitetos, engenheiros, construtores, advogados, vereadores, estudantes e outras classes participem, porque eles conhecem e agregam, por isso é importante à participação maciça das pessoas para que a gente consiga debater os problemas da nossa cidade. É uma discussão para nossa cidade, não é uma discussão política”, disse.

 

Serão cinco grupos de trabalho na conferência para debater ideias que possam servir para que o município de Mossoró continue se desenvolvendo cada vez mais: Participação e controle social no Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano;  Fundo Nacional de Desenvolvimento Urbano; Instrumentos e políticas de integração intersetorial e territorial e Aspectos legais para o desenvolvimento urbano para a concretização do sistema nacional de desenvolvimento urbano.

 

“Se pegarmos a primeira conferência nós vemos que o que discutimos está sendo executado ou planejado, por isso a conferência é muito importante para debatermos ideias e procurarmos formas de fazer com que a cidade de Mossoró continue crescendo cada vez mais. Conseguimos aplicar muita coisa nesses últimos seis anos e queremos continuar nessa linha”, frisou Alexandre.

 

 

Fonte: Prefeitura de Mossoró