Acessibilidade

Central de Atendimento: (84) 4020-7890

29 de setembro de 2014 18:44

UnP realiza ação no Dia da Responsabilidade Social no Ensino Superior

A Universidade Potiguar (UnP), promoveu no último sábado (27), na Unidade Salgado Filho, o Dia da Responsabilidade Social no Ensino Superior Particular, uma parceria com a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES). O evento é parte de uma série de atividades que acontecem o ano todo, com o objetivo de contribuir para uma sociedade mais justa e melhor, estreitar os laços entre professores e alunos e fazer com que estes possam vivenciar na prática o que aprendem em sala de aula. Cerca de 580 alunos trabalharam, como voluntários, na realização do evento, realizando mais de 2 mil atendimentos.

Segundo a professora Ana Tázia Cardoso, uma das coordenadoras do evento, “em relação aos outros anos em que o projeto aconteceu, este foi inovador. Decidimos aproximar ainda mais a Universidade da comunidade, trazendo todos os nossos projetos parceiros para desfrutar dos serviços oferecidos durante o dia, dentre os projetos estão o Instituto Compartilhar (fundado pelo técnico da Seleção Brasileira de vôlei, Bernardinho), o Projeto Motivar (premiado pelo Prêmio Laureate) e o Ginga-África, além de escolas públicas de Natal”, disse.

Diversas atividades e serviços, principalmente da área da saúde, foram realizados durante o dia, como: testes de glicemia e pressão, realizados pelos alunos dos cursos de Biomedicina e Técnico em Enfermagem; palestras para as crianças sobre como escovar os dentes corretamente; além de medição do Índice de Massa Corpórea (IMC); avaliação estética e outros serviços.

Para Laianne Amorim, estudante do 4º período de Biomedicina, “a prática ajuda muito a entender a teoria e mais ainda na hora de conseguir um estágio na área”, explica ela quando perguntada sobre a experiência de participar do evento como voluntária.

O curso de Terapia Ocupacional desenvolveu atividades para todas as idades, desde avaliações do desenvolvimento infantil, a partir da oficina de reciclagem em parceria com o curso de Ciências Biológicas, até testes para avaliar o nível de estresse da população e um miniexame do estado mental, feito com idosos, no intuito de diagnosticar problemas como o Mal de Alzheimer. De acordo com a professora Leiliane Gomes, caso algum indivíduo apresente sintomas de mau desenvolvimento, alto nível de estresse, demência e esquecimento, este será orientado a procurar um médico e encaminhado ao serviço de estágio no Centro Integrado de Saúde (CIS).

Além de trazer atividades voltadas à área da saúde, a idealizadora do Projeto Motivar, a ex-atleta Débora Nascimento, acredita que esse dia foi de extrema importância na vida das crianças que participam do projeto, “muitas não têm o conhecimento e nunca saíram da Vila de Ponta Negra, são crianças muito carentes e eu acho legal proporcionar um dia de lazer para elas”, completa a ex-atleta, que participou da apresentação de teatro de fantoche, promovido pelos alunos e professores do curso de Odontologia, que ensinava as crianças a escovarem os dentes de forma correta.

“Nós fizemos contação de história para incentivarmos as crianças das séries iniciais a ser o leitor de amanhã e conseguimos isso quando plantamos a semente logo nas primeiras séries”, enfatizou a professora do curso de Pedagogia, Auxiliadora Santos, quanto a oficina de contação de histórias promovida pelos alunos do curso.

*Matéria de Mateus Rocha e fotos de Diego Simonetti, alunos voluntários da 6ª série do curso de Jornalismo.

Veja outras fotos do evento [aqui]