Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

31 de agosto de 2018 17:08

UnP recebe troféu Empresa do Bem

Instituto do Bem concedeu reconhecimento pela parceria no desenvolvimento dos projetos PROTransplante e Criança Ativa

A Universidade Potiguar recebeu o Troféu Empresa do Bem concedido pelo Instituto do Bem (iBem), instituição filantrópica que tem a missão de melhorar a qualidade de vida de pacientes de doenças crônicas e terminais. A homenagem foi entregue ao Reitor da UnP, Prof. Gedson Nunes, pela Diretora-Presidente do iBem, Raquel Macedo, no dia 30 de agosto.

Na oportunidade, a comissão do Instituto também realizou a entrega simbólica de mais de 350 itens (entre materiais, insumos e equipamentos) que vão auxiliar nos projetos desenvolvidos dentro da Universidade.

Desde 2013, o iBem é parceiro da UnP e – com apoio de alunos e professores, utilizando a infraestrutura da Escola da Saúde – já realizou mais de 6,5 mil atendimentos com os projetos PROTransplante e Criança Ativa. As duas ações realizam assistência multidisciplinar a pacientes transplantados de órgãos e aqueles que estão na lista de espera para o transplante.

Estes programas têm como objetivo a assistência multidisciplinar a pacientes transplantados de órgãos e aqueles que estão na lista de espera para o transplante e, juntos, já efetuaram mais de 6.500 atendimentos nas áreas de medicina, odontologia, enfermagem, fisioterapia, psicologia, nutrição, assessoria jurídica, estética, fonoaudiologia, farmácia e serviço social. Hoje, cerca de 350 pacientes são atendidos nestes programas.

Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Odontologia, Psicologia e Serviço Social são alguns dos cursos que contam com alunos e docentes envolvidos. “Todos os semestres, de 500 a 600 alunos da Saúde são envolvidos nas atividades do Instituto do Bem. É uma parceria grandiosa que já foi reconhecida pelo Prêmio Here For Good, da Laureate, ficando entre uma das três melhores iniciativas da rede em nível mundial. No sentimos orgulhosos de oferecer esse suporte”, afirma o Prof. Gedson Nunes.

Os resultados são tão positivos que levam ao reconhecimento também das instituições públicas. “Temos 75% dos pacientes de lista de espera do Rio Grande do Norte participando do programa e o Estado reconhece a eficiência do que é oferecido, tanto que encaminha pacientes para nós”, revela a Diretora-Presidente do Instituto, Raquel Macedo.

Ela explica que esse resultado se deve ao trabalho realizado: graças aos exames e atendimentos realizados em parceria com a UnP, estes pacientes se mantêm ativos na fila podendo fazer o transplante no momento em que surge um doador compatível.