Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

31 de Maio de 2012 15:00

V Congresso Científico e V Mostra de Extensão no Campus Mossoró

Começou ontem (30/05) o V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar no Campus Mossoró, contando com minicursos, oficinas, apresentações de trabalhos, mostras de ciências e artes, apresentações culturais e serviços para a comunidade local. O evento marca a época em que alunos e professore podem apresentar para a sociedade mossoroense suas pesquisas em diversas áreas e como elas podem contribuir para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte.

“Temos mais de 2.000 alunos inscritos, o que nos deixa muito felizes e que vem demonstrar o quanto nós estamos cumprindo com a nossa missão de fazer pesquisa, ensino, Pós-Graduação, tudo com muita qualidade, assim como as publicações que estão acontecendo e que vão para os anais deste evento”, afirmou o Professor Aarão Lira, Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UnP.

A noite foi aberta com a apresentação da Camerata de Violinos do Conservatório de Música, que apresentou temas clássicos e populares. Logo em seguida foi realizada a composição da sala de autoridades para a abertura oficial do Congresso, através da Pró-Reitoria de Pesquisa e pós-Graduação. Na ocasião o auditório da unidade da Av. João da Escóssia recebeu como palestrante de abertura o médico Sergio Tirmerman, um dos nomes de maior destaque na área da saúde brasileira e, entre outras inovações, responsável pela implantação do SAMU no Brasil.

Tirmerman, que também é Professor na Universidade Anhembi Morumbi, integrante da rede Laureate International Universities, falou sobre procedimentos de urgência e sobre como este campo de atuação da medicina tem se desenvolvido no país e no mundo. Em entrevista à equipe do UnP Em Foco, o médico destacou a importância do aprendizado internacionalizado na sua formação.

“A internacionalização é fundamental. Eu comecei a minha internacionalização exatamente 28 anos atrás e não parei mais. Todos os anos faço questão de participar de eventos internacionais. Uma coisa é nós estarmos conectados pela internet, outra é ter uma conexão internacional, onde você tem a convivência e tem a qualidade de troca de experiências. Essa é uma necessidade da educação no país e fora dele”, disse Tirmerman.

Para o Diretor do Campus Mossoró, Professor Frank Felisardo, a internacionalidade é de extrema importância para a educação no século XXI e a UnP está em sintonia com esta necessidade cada vez maior. “A Universidade tem essa preocupação de envolver os alunos nesses parâmetros de internacionalidade, por que o mundo hoje precisa disso. Você utiliza hoje tecnologias em que é preciso utilizar outras línguas e o mundo hoje se intercomunica. Estaremos desenvolvendo no próximo semestre ações com o International Office em Mossoró e pensando nessa integração entre Universidade – Mossoró; Universidade – Brasil e com o resto do mundo. Nós podemos e temos que fazer isso”, disse.