Acessibilidade

Central do Candidato: (84) 4020-7890 / Central do Aluno: (84) 3227-1234 +

+

26 de Maio de 2011 11:13

Viva o cinema nacional

Viva o cinema nacional! Foi o bordão que o diretor do curso de Cinema, Fábio DeSilva, utilizou para finalizar o discurso, que proferiu ao receber o prêmio de homenagem pelo trabalho prestado ao audiovisual norte-rio-grandense. A homenagem foi realizada no colégio Marista, durante o Festival Multicultural Marista, no mês de maio.

Na ocasião, DeSilva discorreu sobre sua ligação com o Marista. “Estudei 12 anos nesse colégio, por isso estou muito feliz em receber essa homenagem. A arte é fundamental para a educação e não se pode deixar o audiovisual à margem, ele deve estar inserido. Estou aqui para somarmos esforços para o desenvolvimento da educação, da arte e do audiovisual”. Como não poderia deixar de ser, DeSilva mencionou o bordão, acima citado, para finalizar seu discurso.

Fábio DeSilva estudou cinema na Itália na Università Popolare di Roma (Roma – Itália) e exibiu documentários de sua autoria na Embaixada Brasileira em Roma.  Ao voltar para o Brasil, roteirizou e dirigiu seu primeiro vídeo clipe, “Orgulho” do grupo de Hip Hop, Agregados FDR, que lhe rendeu o prêmio Hangar de melhor diretor do ano de 2005.  No ano seguinte, fez assistência de direção do filme “Federal”, de Erik de Castro (Brasília – DF), uma co-produção BSB Cinema e EuropaCorp.  Em 2008, foi convidado pelo cineasta Moacyr Góis para dirigir o vídeo que compôs o espetáculo: “Natal – um plano de Deus”.  No mesmo ano foi selecionado juntamente com Mary Land Brito no Concurso Doc TV IV, com o documentário “Sangue do Barro”.  Sangue do Barro recebeu prêmio de melhor documentário da mostra vidas na tela do FESTNATAL 2009. Atualmente, é diretor do curso de Cinema e está captando recursos para o seu curta metragem: A pizza. 

Colaboração: Roberta Maia