Acessibilidade

Setores

Comissão Própria de Avaliação

A Universidade Potiguar, desde a década de 90, vem desenvolvendo, sistematicamente, processos de avaliação interna, com vistas ao aperfeiçoamento da sua gestão, bem como dos cursos, programas e projetos que desenvolve.

Com a instituição do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), nos termos da Lei n. 10.861, de 14 de abril de 2004, a autoavaliação institucional é redimensionada, focalizando dez dimensões:

  • a missão e o plano de desenvolvimento institucional;
  • a política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão;
  • a responsabilidade social da instituição;
  • a comunicação com a sociedade;
  • as políticas de pessoal, as carreiras do corpo docente e do corpo técnico-administrativo;
  • organização e gestão da instituição;
  • infraestrutura física;
  • planejamento e avaliação;
  • políticas de atendimento aos estudantes;
  • sustentabilidade financeira, com vistas à continuidade dos compromissos na oferta da educação superior.

A implementação das práticas avaliativas centradas nessas dimensões é assumida, no âmbito da Universidade, pela Comissão Própria de Avaliação (CPA/UnP) criada pela portaria 39/2004.

A Comissão, conforme a referida Lei, conduz a avaliação interna, de modo que, ao final de cada etapa prevista no Projeto de Autoavaliação Institucional, haja um conjunto de dados relevantes à tomada de decisões que resultem em transformações, aperfeiçoamentos e superação de fragilidades constatadas.

 

Grafico Avaliação Institucional

Com isto, espera-se que, gradativa e continuamente, sejam consolidados os mecanismos e as estratégias para se manter padrões de qualidade no ensino, na pesquisa e na extensão/ação comunitária, consoante com princípios e diretrizes constantes do Projeto Pedagógico Institucional (PPI) e do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI 2007/2016).

Legislação e Portarias

Composição da CPA

A CPA/UnP é integrada por representantes dos vários segmentos da Universidade, Campi Natal e Mossoró, e da sociedade civil organizada, apresentando a seguinte composição:

I – Campus Natal

a) dois (2) representantes do segmento docente;
b) dois (2) representantes do segmento técnico administrativo;
c) dois (2) representantes do segmento discente;
d) um (1) representante da sociedade civil organizada.

II – Campus Mossoró

a) dois (2) representantes do segmento docente;
b) dois (2) representantes do segmento técnico administrativo;
c) dois (2) representantes do segmento discente;
d) um (1) representante da sociedade civil organizada.

São objetivos da CPA/UnP:

I – propor e coordenar o processo de autoavaliação interna contemplando as dimensões previstas na legislação em vigor e nos documentos institucionais, especialmente o PDI e o Projeto de autoavaliação Institucional;
II – subsidiar o planejamento e a gestão da Administração da Universidade.

Avaliação Institucional

Documentos

Resultados

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Universidade Potiguar aplica a Avaliação Institucional, canal pelo qual a comunidade acadêmica pode expressar suas opiniões. Através dessa avaliação, a UnP realiza uma série de reformas estruturais e administrativas que visam melhorar as metodologias e os ambientes de ensino em que seus alunos estão inseridos.

Nas Unidades Roberto Freire, Floriano Peixoto, Salgado Filho e Nascimento de Castro, foram realizadas obras que facilitaram a utilização dos equipamentos de acessibilidade, ambientes de estudo, espaços de estacionamento, entre outros. O Campus Mossoró também recebeu melhorias estruturais neste semestre, seguindo o quadro de sugestões de alunos e professores, assim como a Escola Técnica Potiguar, que passou pelo mesmo processo.

Melhorias na Instituição 2014/2015

Relatório de Melhorias 2014 – Modalidade EaD